PUBLICIDADE
Topo

Celso Portiolli substitui Silvio Santos no novo 'Show do Milhão'

Celso Portiolli e Silvio Santos; apresentador fará o "Show do Milhão", feito até 2003 por Silvio Santos - REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Celso Portiolli e Silvio Santos; apresentador fará o "Show do Milhão", feito até 2003 por Silvio Santos Imagem: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Do UOL, em São Paulo

25/06/2021 12h01Atualizada em 25/06/2021 12h24

O apresentador Celso Portiolli vai assumir o lugar do patrão Sílvio Santos no comando do "Show do Milhão". A volta do programa acontece dezoito anos depois da primeira edição, encerrada em 2003.

Em entrevista ao "Pod Delas", de Tata Estaniecki e Flávia Pavanelli — mas, excepcionalmente nesta edição, feito pelo youtuber Julio Cocielo.

Teremos o 'Show do Milhão' e vou apresentar. é uma responsa grande, o Silvio foi o único apresentador do 'Show do Milhão' no SBT. As pessoas falam que sou mais brincalhão, mas farei de forma mais séria.

Celso Portiolli - Reprodução/YouTube - Reprodução/YouTube
Celso Portiolli conversou com Tata Estaniecki e Julio Cocielo no "Pod Delas"
Imagem: Reprodução/YouTube

Celso disse que já foi aconselhado pelo próprio Silvio Santos quando era mais jovem a ter uma postura a cada programa.

Ele afirma que seguirá a orientação do dono do SBT.

Cada programa ele faz de um jeito. É mais ou menos o que eu faço: 'Passa ou Repassa' é largado, o 'Comprar é Bom [Levar é Melhor]' é mais conversado, esse novo agora é mais game show. Não brinca muito. O 'Show do Milhão será mais sério. Simpático, mas mais sério.

A atração chegou a ter outra versão em 2009, mas não teve continuidade e acabou no mesmo ano. Silvio Santos foi quem comandou.

Em 2001, quando a primeira edição vivia seu sucesso, o apresentador lançou uma linha de produtos com a marca, como o "computador do milhão". O SBT e a Microsoft se juntaram em um investimento de R$ 88 milhões para lançá-lo, que seria cerca de 45% mais barato que os modelos da época.

Silvio Santos - Divulgação/SBT - Divulgação/SBT
"Show do Milhão" durou de 1999 a 2003, na primeira edição.
Imagem: Divulgação/SBT

Celso disse que não assistiu as antigas versões, mas que já recebeu material como trilhas e informações sobre premiação.

Como você vai fazer com o Silvio como referência? Vou fazer do meu jeito? E os bordões? Parece que o patrocinador achou legal usar, mas do meu jeito, na minha entonação.

Ele brincou dizendo que, com o passar dos anos no SBT, passou a temer a figura de Silvio.

Eu não tinha não [medo]. Tinha uma liberdade muito grande de conversar. Mas com o tempo fui ficando, quando ele me chama. Teve uma vez que fui levar uma ideia para ele, entrei no camarim. Falei 'olha, a câmera de cima, parece que as pessoas estão frisadas, coloca uma placa de sim ou não e você pergunta'. Ele disse: e como elas vão aplaudir?'