PUBLICIDADE
Topo

Szafir criticou falta de uso de máscaras e de protocolo antes de internação

Colaboração para o UOL, no Rio

10/07/2021 18h06

Luciano Szafir, ator de 52 anos que está internado desde 22 de junho após ser infectado com a covid-19 pela segunda vez, chegou a fazer um vídeo em março criticando a falta de uso de máscaras e dos protocolos de segurança contra o vírus em locais como aeroportos. Hoje, ele foi extubado após apresentar melhora.

Em um vídeo publicado em seu perfil no Instagram na época, Szafir conversa com seus seguidores e chama atenção para a falta de medição de temperatura em aeroportos.

Vamos mexer em uma casa de marimbondo um pouquinho? A gente sabe que a pandemia está aí e não está brinquedo, né. Quantos de vocês, por exemplo, já foram em shoppings? Eu imagino que muitos. Quando chega no shopping, o que acontece? Você vai de máscara e tem um cara lá que vai medir a temperatura na mão. Infelizmente eu tenho que viajar às vezes a trabalho, não dá ficar em casa como eu gostaria, e não tem ninguém que mede a temperatura. Vocês sabem por quê? Provavelmente muitos deles estavam infectados, com febre, pelo menos, que é um sintoma pequeno"

Luciano Szafir

"Se o cara tiver com a temperatura baixa e tiver que viajar, ele pode viajar com covid porque dentro dos aviões, depois que você entrar no aeroporto, em nenhum momento ninguém tira a temperatura de ninguém. Outra coisa: acho que o pessoal pensa que o vírus respeita a área dos restaurantes, [...] pessoa chega para comer e o que ela faz? Tira a máscara, fica batendo papo uma na frente da outra antes da comida chegar. Ou então, desculpa o palavrão, mas o babaca fica lá no WhatsApp ou no Instagram sem máscara, gente, e não está nem aí. Fora aqueles que ficam com a máscara com o nariz inteiro de fora", acrescentou ele.

Em seguida, Szafir fez um apelo aos aeroportos para que tenham funcionários medindo temperatura em todas as entradas e antes do embarque, afirmando que não dá para garantir que as aeronaves estejam totalmente higienizadas entre um voo e outro. Depois, o ator seguiu criticando a falta ou uso incorreto das máscaras na orla do Rio de Janeiro e em outros locais.

"Cara, é muito louco. Poxa, a gente está vendo gente morrer todo dia. Será que falta de informação, será que não passaram informação o suficiente? Pela internet tem notícia todo dia de gente morrendo, os procedimentos básicos, mínimos, que a gente nem sabe se são eficientes, mas nem isso as pessoas estão fazendo", lamentou ele.

"Depois reclamam que todo dia aumentam o número de casos, não adianta, a gente tem que fazer nossa parte, cobrar só é muito fácil. [...] Pessoas sem máscara e sem respeito, um ano que já vai. Onde tem que ir, vai, mas se cuidem", afirmou ele, alertando para os locais lotados e pedindo aos seguidores para que andem com álcool em gel no dia a dia.

Szafir contou aos seguidores que estava "zerado" do vírus após já ter sido contaminado pela primeira vez e afirmou ter tido sequelas. "Se eu vou subir uma escada, o fôlego, ó", disse ele, fazendo sinal negativo.