PUBLICIDADE
Topo

Sasha antecipa volta ao Brasil após transferência de Luciano Szafir

Sasha ao lado dos pais, Xuxa e Luciano Szafir, em seu casamento - Reprodução/Instagram
Sasha ao lado dos pais, Xuxa e Luciano Szafir, em seu casamento Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

08/07/2021 18h35

Sasha Meneghel, filha de Luciano Szafir e Xuxa, antecipou seu retorno ao Brasil por conta do estado de saúde do pai, internado desde o dia 22 de junho com covid-19. A informação foi confirmada ao UOL pela assessoria de imprensa da modelo.

O ator foi transferido hoje para o hospital Copa Star, no Rio de Janeiro, após passar por uma cirurgia ontem. O procedimento realizou a retirada de um "hematoma e segmento do cólon".

A modelo estava em uma viagem pelos Estados Unidos acompanhada pelo marido, João Figueiredo. Recentemente, ela compartilhou fotos inéditas da lua de mel que contou com diferentes destinos, como Ilhas Maldivas, Dubai, Nova Iorque e Orlando.

Após a assessoria de imprensa de Luciano Szafir anunciar a saída do Hospital Samaritano, na zona oeste do Rio, a filha do ator pediu orações aos fãs nas redes sociais pela melhora do pai.

Sasha Meneghel publicou texto - Reprodução/Instagram @sashameneghel - Reprodução/Instagram @sashameneghel
Sasha Meneghel publicou texto
Imagem: Reprodução/Instagram @sashameneghel

Internação de Luciano Szafir

É a segunda vez que o ator é infectado com o vírus. Ele optou pela internação após sentir os primeiros sintomas. "Ainda não tomou vacina porque não chegou a idade dele no Rio", disse o empresário de Szafir, Ivan Neves, em junho.

Luhana Szafir, mulher de Luciano, publicou um desabafo na quarta-feira (30) sobre o estado de saúde do marido. "Retomando a vida após duas semanas de tristeza e medo, mas também de muita fé", disse ao destacar a expectativa pelo retorno do artista para casa.

Na última quinta-feira (1), Szafir compartilhou uma reflexão nas redes sociais. "Seja sempre o mestre da sua mente. Quando você está mal, pode dizer a sua mente para focar em outra coisa", afirmou.