PUBLICIDADE
Topo

Jason Alexander, primeiro marido de Britney Spears, diz que foi enganado

Jason Alexander e Britney Spears em 2004 - Reprodução/Divulgação
Jason Alexander e Britney Spears em 2004 Imagem: Reprodução/Divulgação

Colaboração para o UOL, em São Paulo

17/07/2021 10h03

Jason Alexander, que foi casado com Britney Spears, disse que foi enganado após a cerimônia de troca de alianças com a cantora. Ele explicou no podcast 'Toxic: The Britney Spears Story' que precisou "anular" a união:

"Eu ainda acreditava na história que me contaram, que eles iriam nos deixar continuar a conversar e então teríamos esse casamento no futuro se nos sentíssemos da mesma maneira. Eles me disseram que se eu assinasse os contratos - a anulação - eles deixariam que eu e Britney continuássemos nosso relacionamento, e se nos sentíssemos da mesma forma em seis meses, eles nos dariam um casamento adequado", disse ele, que continuou:

"Eu não tinha nenhuma razão para acreditar no contrário. Achei que era essa a verdade. Eles estavam permitindo que Britney e eu ainda tivéssemos contato por telefone". O casamento de Britney e Jason pode ser um recorde, ao menos no mundo pop, pois ele foi invalidado apenas 55 horas depois do "Sim". "Estávamos conversando todos os dias e eu ainda acreditava na história que me contaram, que eles iriam nos deixar continuar a conversar e então teríamos esse casamento no futuro se nos sentíssemos da mesma maneira", contou.

"Eram cinco da manhã, ainda estamos conversando na cama. E ela queria que eu fosse em turnê com ela. E eu disse, 'Não posso. Adoraria ir em turnê com você, mas tenho que voltar e tenho meu futebol do último ano. Ganhei uma bolsa de estudos . Eu não vou simplesmente ir embora'. E ela disse: 'Bem, eu tenho uma coisa que preciso perguntar' e eu disse, 'O que é isso?'. E então ela me perguntou se eu me casaria [com ela]".

"Sentimos que essa era uma maneira de nos unir, independentemente de quão longe estejamos separados. Somos casados. Você não pode nos deixar nos unir. Fomos a uma pequena capela branca para casamentos", continuou ele. "O motorista da limusine a acompanhou até o altar. Fizemos tudo. Havia outro casal se casando naquela manhã. Então, eles a reconheceram. E tiramos uma foto. Mais tarde, descobri que o casal recebeu cerca de cem mil dólares por isso Eu pensei, 'Que grande presente de casamento para eles'. Nós saímos, consumamos o casamento na limusine no caminho de volta para o hotel e então quando voltamos para o hotel - 'Ei, adivinha? Somos casados!' e todo mundo pirou e ninguém ficou feliz. E eu pensei, 'Oh, isso está prestes a ficar interessante", brincou.