PUBLICIDADE
Topo

Carol Sampaio lamenta morte de Alicinha Cavalcanti: 'Aprendi muito com ela'

Lucas Pasin e Weslley Neto

Do UOL, no Rio de Janeiro e do UOL, em São Paulo

02/08/2021 17h37

A promoter Carol Sampaio lamentou a morte da colega Alicinha Cavalcanti aos 58 anos após luta contra uma doença rara. Em entrevista ao UOL, ela afirma que a convivência com uma das referências da área foi importante para o seu crescimento na carreira.

Estava numa reunião, sai e recebi várias mensagens sobre a morte dela. Fico super triste, é uma mulher que eu sempre admirei. É uma mulher com quem eu aprendi demais. Primeiro comecei a me inspirar nela, depois tive a oportunidade de conhecer, trabalhar, e aprender muito com ela!
Carol Sampaio em entrevista ao UOL

A morte de Alicinha Cavalcanti foi confirmada pelas apresentadoras Marília Gabriela e Astrid Fontenelle nas redes sociais. Ela tratava uma afasia progressiva primária desde 2015.

No Camarote da Brahma foram anos. E sempre a admirei. Procurei aprender muito com ela e aprendi. Sou muito grata por ter, não só conhecido, mas ter tido a oportunidade de trabalhar muitas vezes com ela.
Carol Sampaio em entrevista ao UOL

A afasia progressiva primária, doença rara enfrentada por Alicinha, é uma síndrome degenerativa que se caracteriza pela deterioração da linguagem de maneira progressiva. Durante o tratamento, a famosa promoter foi supervisionada pelo marido Rodrigo Biondi.

Famosos se manifestaram nas redes sociais após o anúncio da morte de Alicinha Cavalcanti. Adriane Galisteu, Drica Moraes e Regina Casé compartilharam mensagens lamentando a notícia.