PUBLICIDADE
Topo

Marca de roupas processa Pocah em R$ 30 mil por rescisão de contrato

A cantora e ex-BBB Pocah - Reprodução/Instagram
A cantora e ex-BBB Pocah Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

04/08/2021 13h06Atualizada em 05/08/2021 12h12

A Planet Girls está processando Pocah por rescisão de contrato. Na ação, que também cita a agência Mynd8 e a Gold Produções, a marca de roupas femininas pede a devolução do valor de R$ 30 mil.

Em nota enviada ao UOL, a advogada Adélia Soares aponta que a marca firmou um contrato com a artista antes da pandemia e, faltando dois dias para a realização das fotos, a assessoria da Pocah exigiu testes de covid em toda a equipe que participaria do trabalho.

"As medidas de segurança impostas pelo governo [federal] foram distanciamento, o uso de máscaras e álcool em gel. E, ainda considerando o tempo de incubação do vírus, o teste de covid não serviria de medida preventiva. Todavia, a empresa concordou em realizar os testes da sua equipe, mas a artista exigiu que a empresa arcasse também com o custo dos testes da equipe dela, sendo que tal previsão não constava no contrato", diz a advogada da Planeta Girls

Adélia afirma que foi proposto que cada parte arcasse com o custo de cada equipe, o que Pocah e sua equipe não concordaram. Segundo ela, a artista não devolveu o valor do cachê e "ainda causou prejuízos para a empresa que já havia realizado reservas de passagens e hospedagem".

"Após o ocorrido, a empresa tentou inúmeras vezes um acordo com a artista para que a mesma realizasse a sessão de fotos ou ainda fizesse o ressarcimento do valor recebido, mas não houve acordo, não restando opção para a nossa cliente senão recorrer ao judiciário", acrescenta.

A Planet Girls admira a artista e por esse motivo decidiu fazer a campanha com ela. Infelizmente, houve esse ocorrido, mas acreditamos que quando a Pocah tomar ciência de toda a situação, iremos solucionar rapidamente o caso e encerrar essa história, finaliza a advogada

Também em nota, a assessoria jurídica da Mynd8 afirmou que a Planet Girls declinou a campanha contratada com a cantora e ex-BBB "por não cumprir as exigências e protocolos instituídos pelas autoridades locais, bem como pela Organização Mundial de Saúde, diante da pandemia de covid-19 que assola o mundo."

"Sendo assim, não há qualquer responsabilidade da artista, muito menos da empresa de publicidade pela não realização do trabalho objeto da ação", diz a nota.

O jurídico da Gold Produções afirmou que, até o momento, ainda não foi notificado. "O Departamento jurídico da Gold Produções, representado pelo Advogado José Estevam de Macedo Lima, informou que a empresa até o momento não foi notificada da presente ação".

Em contato com a reportagem, o TJSP (Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo) explicou que as partes já foram citadas no processo.

Também procurada pelo UOL, Pocah ainda não se pronunciou sobre o assunto.