PUBLICIDADE
Topo

Raquel Pacheco desabafa após ataques às filhas: 'Dizem que terão vergonha'

Raquel Pacheco está grávida de gêmeas, do relacionamento com o ator Xico Santos - Imagem: Reprodução/Instagram@bsurfistinhaoficial
Raquel Pacheco está grávida de gêmeas, do relacionamento com o ator Xico Santos Imagem: Imagem: Reprodução/Instagram@bsurfistinhaoficial

Colaboração para o UOL

05/08/2021 17h11

A empresária Raquel Pacheco, conhecida como Bruna Surfistinha, se tornou alvo de ataques nas redes sociais, após expressar publicamente sua opinião em relação à política brasileira, e o hate acabou atingindo suas filhas, que ainda não nasceram.

Em entrevista ao IG, Pacheco contou que não é de hoje que ela recebe mensagens ofensivas na internet, e que sempre procurou uma forma para não se deixar abalar pelo ódio replicado de forma virtual. No entanto, as filhas da famosa também foram vítimas dos ataques, com pessoas as chamando de "vadias" e dizendo que elas terão "vergonha" do passado da empresária como profissional do sexo.

"Quando explodiram os ataques falando justamente desse meu lado mãe, muitas pessoas falaram das minhas filhas: 'Elas não merecem uma mãe como você', 'elas vão ter vergonha de você', 'elas vão fazer a mesma coisa que você fez com seus pais e fugir de casa'. Também teve gente que as chamou de vadias, falando que eu estou colocando mais duas vadias no mundo, que vou abrir franquia de puteiro. Eu fiquei muito abalada e chorei horrores", desabafou Raquel, que está grávida das gêmeas Elis e Maria, de seu relacionamento com o ator Xico Santos.

Além das ofensas às filhas que ainda irão nascer, ela relata que também precisa lidar com pessoas questionando se ela sabe quem é o pai das crianças. "Isso não significa que uma garota de programa, mesmo as que ainda atuam, não saibam de quem engravidou. Tem muitas mulheres que passam por essa situação", contou.

Na entrevista, Raquel Pacheco também disse que chegou a acreditar, mesmo que por um momento, que sua gestação pudesse reaproximar os laços com sua mãe, com quem ela não mantém mais contato desde 2018. Entretanto, isso não aconteceu, e a empresária diz ter compreendido que sua mãe não quer mais manter nenhum tipo de intimidade com ela.

"Eu entendi que ela já tomou a decisão final dela, eu não acredito que ela esteja fazendo um joguinho. Eu simplesmente parei de ir atrás até mesmo para respeitar a decisão dela", completou.