PUBLICIDADE
Topo

Marcos Mion lembra de críticas desde o início da carreira: 'Mudar é ousado'

Marcos Mion em "A Fazenda" - Divulgação/TV Record
Marcos Mion em 'A Fazenda' Imagem: Divulgação/TV Record

Colaboração para o UOL, em São Paulo

09/08/2021 16h08

Marcos Mion agora é um homem realizado com sua carreira profissional. Recém-contratado pela TV Globo, ele relembrou que as críticas sempre estiveram presentes em sua vida, principalmente no começo da carreira. "Comecei cedo e lembro que os críticos me chamavam de 'enfant terrible ("criança terrível", em francês), na MTV".

"Eram coisas com as quais as pessoas não estavam acostumadas, a molecada pirava. Mas quem podia escrever uma crítica, oscilava entre achar o máximo ou completamente fora de mão. Mudar o cenário é muito ousado e, graças a Deus, fiz isso muitas vezes e continuo fazendo", disse o apresentador à revista Dia a Dia.

Além de acertar entrada na Globo, Marcos Mion também assinou com a Netflix em abril. Para ele, ir para o streaming foi uma reconexão com suas raízes. "Explodi a zona de conforto. Ir para uma plataforma de streaming com liberdade e possibilidade de criação tão extensa, com alcance mundial, é a mesma sensação de entrar na MTV em 2000. Extremamente estimulante", contou.

Após a boa audiência de "A Fazenda 12" (RecordTV), no ano passado, o apresentador de 42 anos foi desligado da Record em janeiro. Segundo o colunista de Splash e do UOL Maurício Stycer, a demissão da emissora de Edir Macedo veio após Mion ter feito reclamações públicas sobre a direção da "Fazenda", se vangloriado pelo sucesso de acordos comerciais.