PUBLICIDADE
Topo

'Se eu sair candidato, o 'Brasil Urgente' continua no ar', garante Datena

Datena garante que o Brasil Urgente não irá acabar - Reprodução
Datena garante que o Brasil Urgente não irá acabar Imagem: Reprodução

Colaboração para o UOL, em São Paulo

10/09/2021 17h19Atualizada em 10/09/2021 18h07

Além de declarar torcida para Tiago Leifert acertar com a Band, José Luiz Datena, de 64 anos, tratou de acabar com os boatos de que o "Brasil Urgente" deixará a grade de programação da Band caso ele saia candidato à presidência da república pelo PSL nas eleições de 2022. O jornalista garantiu que a emissora irá manter o jornalístico no ar por dar 'audiência para caramba'.

Em bate-papo com Cátia Fonseca, em passagem do "Melhor da Tarde" para o "Brasil Urgente", Datena fez questão de afirmar que Johnny Saad, presidente da Band, lhe garantiu que o jornalístico líder de audiência não será extinto da programação da emissora.

Eu tava conversando com o Johnny que saiu uma reportagem que se eu fosse candidato a qualquer coisa, a Band teria o objetivo de acabar com o programa, porque é 20 anos que é líder da casa e seria ligado a mim. Coisa nenhum. O Johnny acabou de confirmar que mesmo que se eu saia candidato de alguma coisa o "Brasil Urgente" vai seguir na tela da Band. Continua com outra pessoa.

O apresentador, inclusive, sugeriu que a Band procure Joel ou Vicente Datena caso tenham o desejo de manter o nome "Datena" dentro do "Brasil Urgente".

"Não fui nem falar isso com o Johnny. Fui falar de questão de política e negociações políticas que eu devo obviamente satisfação a ele, que é meu empregador. Comentei sobre um dos assuntos políticos, comentei disso e ele falou: 'não existe possibilidade nenhuma disso'. Até porque existem um monte de Datena por aí, tem o Joel e o Vicente. Eles podem continuar aqui no meu lugar", afirmou, e brincou:

Se eu for eleito em um cargo executivo, eu não posso ficar na televisão. Senador eu posso ficar na televisão. O Russumano não é deputado? Ai seria assim: 'Não perca o Brasil Urgente com o senador Datenão".

No início do "Brasil Urgente", Datena confirmou ter planos para sair candidato a um cargo executivo nas eleições de 2022 e classificou os boatos sobre o fim do programa como maldosos. Afinal, a informação também trás medo do desemprego aos funcionários que atuam nos bastidores do programa.

Quebramos a programação no meio, que coisa. Mas foi um bom papo. Foi um ótimo papo, inclusive para tranquilizar o povão aqui de dentro. É tanta gente desempregada e ficam saindo notícias que dão perspectivas que terão mais gente desempregadas. Não existe isso, se eu sair candidato mesmo e tá programado para sair, o Brasil Urgente continua. Programa líder em audiência da casa em 20 anos. É o programa que mais deu audiência na casa há 20 anos, como que você vai tirar do ar um programa desses e deixar tanta gente boa desempregada com a melhor equipe de jornalistas do país, a melhor equipe técnica do país... Não pode, né? E que dá audiência pra caramba!