PUBLICIDADE
Topo

Juliette detona veto de Bolsonaro: 'Pobreza menstrual com seriedade'

Juliette Freire discorda totalmente da decisão do presidente - Instagram
Juliette Freire discorda totalmente da decisão do presidente Imagem: Instagram

Colaboração para o UOL

08/10/2021 14h05

A cantora e influenciadora digital Juliette Freire se uniu à lista de celebridades que protestaram contra a decisão do presidente Jair Bolsonaro, em vetar o artigo de lei que liberaria a distribuição gratuita de absorventes para a população de baixa renda.

Por meio de seu perfil oficial no Twitter, a paraibana de 31 anos criticou a medida do poder executivo, entendendo que ela deixa de beneficiar muitos cidadãos que não têm condições de arcar com o custo de um artigo de higiene tão básico.

"Quando pessoas que menstruam não têm acesso a absorvente? Elas não têm acesso à saúde, à educação e a ter sua dignidade enquanto ser humano", observou a vencedora da última temporada do "Big Brother Brasil".

"Cobremos que o veto do presidente seja BARRADO. Em um país feito para todos, pobreza menstrual deve ser tratada com seriedade", conclamou Juliette na publicação, que já soma mais de 58 mil curtidas e 8 mil retweets.