PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Chico Barney


Mario Velloso, o DJ que furou a quarentena, participou da Casa dos Artistas

Mario Velloso e as loucas noites de pandemia - Reprodução/RG
Mario Velloso e as loucas noites de pandemia Imagem: Reprodução/RG
Chico Barney

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

Colunista do UOL

01/07/2020 21h56

Aglomerou! No último domingo, o Fantástico denunciou um intenso rega-bofe no Morumbi, bairro chique de São Paulo. O evento, de acordo com investigação da imprensa, ocorreu na casa de Mario Velloso.

Ora, mas quem é Mario Velloso, questionará o distraído leitor. Trata-se de um esquecido participante da Casa dos Artistas 2, clássico reality show do SBT exibido em 2002.

Após o sucesso arrasa-quarteirão da primeira edição, Silvio Santos reuniu um elenco fascinante: Joana Prado (a Feiticeira), Suzane Alves (a Tiazinha), Ricardo Macchi (o Cigano Igor), Ellen Rocche, Vitor Belfort, André Gonçalves (o Gopal) e até Carola Scarpa, além de outras estrelas de discreto brilho.

Foi provavelmente a mais eloquente reunião de talentos em uma continuação desde O Poderoso Chefão II.

Mario Velloso ficou conhecido por dormir demais na Casa dos Artistas 2, fato que motivou sua eliminação precoce - Montagem BOL/Divulgação/SBT - Montagem BOL/Divulgação/SBT
Mario Velloso ficou conhecido por dormir demais na Casa dos Artistas 2, fato que motivou sua eliminação precoce
Imagem: Montagem BOL/Divulgação/SBT

Mas o que Mario Velloso, um notório desconhecido, fazia no meio de tantas feras feridas? Segundo reportagem do Estadão em 2003, o rapaz foi uma indicação de Rebeca Abravanel, filha de número cinco do dono do baú e atualmente apresentadora do Roda a Roda Jequiti.

Eram colegas de FAAP e ele parecia empolgado com a carreira artística. Se colocou no mercado como cantor e chegou a fazer algum sucesso com "Tudo por você", embalado pela insistente relevância do reality na época.

Mas foi tudo muito fugaz. Fora do radar da grande mídia durante todos os anos seguintes, continuou em alta no jet set paulistano, assumindo as picapes de festinhas concorridas pela elite da cidade.

Chegou a ter um breve retorno aos holofotes durante a divertidíssima primeira temporada do Power Couple Brasil, exibido pela Record em 2017. Disputou a competição entre casais ao lado da então companheira Pietra Bertolazzi.

Mas certamente será lembrado pela emblemática entrevista que deu ao site da revista GQ nesta quarta-feira, após ser flagrado oferecendo uma balada em plena pandemia.

Velloso alega que o projeto inicial visava reunir uma turminha mais íntima, coisa de 20 a 30 pessoas. "É uma turma que a gente já meio que se encontra, mesmo na quarentena", revelou à publicação.

"Somos todos fora do grupo de risco e são pessoas que estão exercendo o livre arbítrio delas, que pensam 'eu acho que eu posso ir, não vou ter contato com pessoas mais velhas'. A gente vem se encontrando, batendo papo, jantando, era para serem só essas pessoas."

Como quem não quer nada, o DJ aproveitou para colocar a culpa no dia da semana. "Como foi num sábado e, a cada semana que passa, o pessoal está mais aflito com essa coisa de ficar em casa, deu no que deu." Vale ler a íntegra do bate-papo no site da GQ.

Mas o fato é que Velloso sempre deu indícios de lidar mal com o confinamento. Foi o segundo eliminado na Casa dos Artistas 2 e também no Power Couple Brasil. Dizem por aí que a história se repete como farsa.

Relembre "Tudo por você" (bom, ou quase tudo, talvez tudo menos respeitar a quarentena)

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Chico Barney