PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Chico Barney


Lembra dele? Zé Carioca volta a ter histórias inéditas da Disney no Brasil

Chega de pindaíba? Zé Carioca tira uma selfie com celular de última geração - Reprodução/Culturama
Chega de pindaíba? Zé Carioca tira uma selfie com celular de última geração Imagem: Reprodução/Culturama
Chico Barney

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

Colunista do UOL

29/07/2020 17h07

José Carioca, o papagaio popularmente conhecido como Zé Carioca, está prestes a voltar ao trabalho. Desde 2016 sem aventuras inéditas produzidas no Brasil, o personagem retorna a partir de setembro em uma iniciativa da editora Culturama.

Zé esteve no epicentro da produção de quadrinhos Disney no país desde dezembro de 1959, quando participou de uma história protagonizada pelo Pato Donald e criada pelo artista Jorge Kato. Ao longo dos 40 anos seguintes, seguiria como uma das principais atrações das bancas.

A Editora Abril, desde os primórdios responsável pela marca por aqui, ainda faria um esforço final entre 2012 e os 4 anos subsequentes, mas em volume bem menor. Parou de publicar gibis Disney de maneira definitiva em 2018.

Mas as mensais de Tio Patinhas, Pato Donald, Mickey e companhia bela foram retomadas pela Culturama em março de 2019.

E agora, um ano e meio depois, preparam as primeiras criações inéditas. A edição de setembro da revista Aventuras Disney contará com roteiro de Arthur Faria Jr., desenhos e arte-final de Moacir Rodrigues e letras de Lilian Mitsunaga.

"Até o final do ano, publicaremos pelo menos mais três histórias na revista Aventuras Disney e, depois disso, iremos avaliar a periodicidade das publicações do Zé.", comunicou via release Naihobi Steinmetz Rodrigues, editora-chefe responsável.

Em um mercado completamente invadido pelas edições premium de capa dura e intensa gramatura do papel, é um alívio saber que haverá mais conteúdo nacional com personagens e preços populares. Espero que dê certo e sirva para encorajar uma expansão do projeto.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Chico Barney