PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Fefito


'This Is Us' ganha novo fôlego ao focar no drama da mãe na quarta temporada

Mandy Moore em cena de "This Is Us" - Ron Batzdorff/NBC
Mandy Moore em cena de "This Is Us" Imagem: Ron Batzdorff/NBC
Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

26/03/2020 18h26

Resumo da notícia

  • Depois de anos na sombra de Jack, Rebeca ganha destaque na série
  • Drama da matriarca, que luta contra o Alzheimer, dá novo fôlego à história
  • Produtores planejam mais duas temporadas do seriado

Tão logo começou, "This Is Us" provou ser uma série impossível de ser assistida sem um lencinho ao lado. Em suas duas primeiras temporadas, a história girou em torno da figura paterna e de como a morte de Jack Pearson (Milo Ventimiglia) influenciou a vida de sua família até os dias atuais. Ambientado no passado, no presente e - mais recentemente - no futuro, o seriado levou dois anos para esclarecer como o patriarca havia morrido, até então um mistério. Tornava-se impossível não chorar a cada final.

Revelado o segredo, o novelão enfrentou uma barriga. O drama de alguns personagens soou chato, por vezes fútil, e a série não só passou esnobada pelas muitas premiações a que concorreu como parecia ter se esvaziado. Agora, em sua quarta temporada, "This Is Us" recuperou o fôlego de maneira surpreendente. Até então uma personagem sem muita história nos tempos atuais, a matriarca da família concentrou em si um drama fortíssimo. Rebeca (Mandy Moore), agora realizada, com os filhos encaminhados, terá de lutar contra o Alzheimer. Numa produção recheada por flashbacks, é inevitável não se emocionar com alguém cuja toda vida foi permeada por uma grande história de amor. Há sofrimento ao ver que uma mulher que criou sozinha sua família após ficar viúva verá sua memória esvair.

Com mais duas temporadas previstas, "This Is Us" provou que ainda tem histórias a contar, mas corre o risco de se esgotar antes do tempo. De qualquer maneira, este grande novelão torna impossível não querer acompanhar o futuro dos Pearson. O último episódio do quarto ano, encerrado nos EUA na última terça-feira (24), criou novas possibilidades e mistérios, como a identidade da futura noiva de Kevin (Justin Hartley) e as novas decisões de Kate (Chrissy Metz). O mesmo se aplica à relação de Randall (Sterling K. Brown) com os irmãos.

No Brasil, que vinha acompanhando a série quase em tempo real, o episódio final acabou suspenso no dia marcado por causa da pandemia de coronavírus. A Fox Premium suspendeu a exibição e colocou no ar nesta quinta (26). A decisão do adiamento frustrou os espectadores - e, vamos combinar, estimula a pirataria.

Fefito