PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Fefito


O que será da carreira de Arthur Aguiar após o escândalo de infidelidade?

Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

05/07/2020 14h09

Resumo da notícia

  • Escândalo de traição deve ter consequências na carreira do ator
  • Para agentes, caso é semelhante ao de José Loreto e Débora Nascimento
  • Até mesmo outras mulheres famosas foram trazidas para a história de infidelidade

Foi-se o tempo em que galãs de novela precisavam corresponder à ideia machista de garanhão e, portanto, poderiam - em alguns casos, para seus agentes, deveriam - se envolver com múltiplas mulheres e fazer disso um circo a favor de sua imagem. Os conceitos foram revistos. Hoje, protagonistas como Reynaldo Gianecchini já assumiram relações homoafetivas e deixaram claro que, em nada, quer parecer com o antiquado estereótipo do machão. A nova era mostrou que a tolerância com quem causa prejuízos afetivos - e em alguns casos profissionais - às mulheres com quem se envolveu não serão tolerados facilmente. E é exatamente o que vem ocorrendo com Arthur Aguiar.

Crush de muitas adolescentes quando despontou para fama na novela "Rebelde", da Record, o ator chegou a fazer novela das nove na Globo e tentava emplacar uma carreira musical. Nos últimos tempos, no entanto, virou manchete mais por sua vida pessoal do que pelo trabalho. Uma hora o casamento surpresa com Mayra Cardi, outra hora ter sido pai, e por aí vai, nada extraordinário no mundo em que likes nas redes sociais tornam-se pontes para novos trabalhos e mais popularidade. Na última semana, no entanto, o mundo caiu quando a ex-BBB e atual coach revelou ter sido alvo de múltiplas traições e afirmou ter sofrido com um relacionamento abusivo.

Arthur negou todas as acusações. O pivô foi apontado, Arícia Silva, negou tudo. Mayra então trouxe à tona mensagens que comprovam o affair com a ex-panicat, disse ter sido alvo de infidelidade mais de uma dezena de vezes e deu detalhes do que ocorria em sua intimidade. Outras famosas, como Alice Wegmann e Bruna Marquezine também tiveram os nomes envolvidos na história, como ex-relações do ator. Alice, por sinal, classificou como machismo trazer à tona outras mulheres à trama.

Com um escândalo ainda longe de acabar, a coluna decidiu ouvir informalmente empresário de famosos sobre os rumos da carreira do ator. Todos foram unânimes em duas observações: o ator deve sair de cena e vai ter dificuldades de se recolocar no mercado. Um deles cita como exemplo o caso de José Loreto, que, desde que foi acusado de trair Débora Nascimento e ainda teve o nome de Marina Ruy Barbosa envolvido na mesma história, não conseguiu emplacar trabalhos significativos na Globo e não teve o contrato renovado. Processo parecido deve ocorrer com Arthur, que colherá o ônus de suas ações após a lavagem de roupa suja em público.

Para um agente de jovens estrelas, a saída é apostar mais nas vida pessoal que na profissional e mostrar um processo de reabilitação. Para ele, ao se envolver com projetos sociais e leituras sobre masculinidade tóxica, o ator pode, no futuro, voltar a pensar em trabalho. "Nesse ponto específico, o único trabalho que ele conseguiria na TV seria em reality shows como 'A Fazenda'", diz, com ironia, o empresário, que ainda ressalta: o processo de mudança deve ser real aos olhos de todos e não apenas uma conveniência. Tão cedo não haveria novela por vir. Já Mayra deve sair fortalecida e se tornará uma voz para mulheres que passam pelo mesmo que ela.

A fama de pegador não ajuda em nada quando ela ocorre durante um casamento. Ao mesmo tempo, e isso é assunto para outra coluna, o quanto da felicidade mostrada nas redes sociais por famosos e influenciadores é genuína? Talvez tenha muita gente sentindo inveja de algo longe do real.

Fefito