PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Leo Dias


Reclamações, demissão e after: saiba tudo sobre a passagem de Drake no RiR

Drake no Rock in Rio - Theo Skudra/Reprodução Instagram @champagnepapi
Drake no Rock in Rio Imagem: Theo Skudra/Reprodução Instagram @champagnepapi
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

28/09/2019 13h40

Resumo da notícia

  • Pouco antes do show de Drake, o Multishow anunciou que o rapper não aceitou que a apresentação fosse transmitida
  • Um problema de iluminação no espetáculo deixou o cantor insatisfeito e motivou o veto
  • Pouco antes do dia do show, o cantor já havia tirado o Rock in Rio da programação de seu site e gerou rumores de cancelamento
  • Nos bastidores, houve briga com a equipe e Drake demitiu um dos funcionários, para recontratá-lo no dia seguinte.
  • O cantor também fez uma série de críticas ao festival, incluindo ao tamanho do palco, que seria "pequeno demais"
  • Drake pediu desculpas pela não transmissão do show e participou de um after organizado por amigas de Anitta, que não estava presente

A Coluna do Leo Dias descobriu o verdadeiro motivo para que Drake não aceitasse a transmissão de seu show no Multishow, como todos os outros artistas fizeram. O rapper teve um problema na iluminação do espetáculo e não estava 100% satisfeito com o resultado antes de subir ao palco. Como estamos falando de um astro internacional, transmitir um show num grande festival sem estar com uma apresentação totalmente satisfatória poderia afetar Drake na hora de vender seus shows para outros lugares. Foi uma questão comercial e de qualidade do show. Resumindo: se você não está totalmente satisfeito com o que vai apresentar, não deixe filmar para que o mundo todo veja.

O cantor, que só fechou a participação no festival após ter o valor de seu cachê aumentado de US$ 3 milhões para US$ 4 milhões - de 12 milhões para 16 milhões de reais - e provocou boatos de um possível cancelamento da apresentação após retirar de sua agenda o show no Rock in Rio, deu trabalho à organização do evento e - pasmem - brigou até com a própria equipe.

Os problemas começaram já no dia anterior à apresentação do canadense na Cidade do Rock. Drake se desentendeu com o iluminador de sua equipe e o demitiu. Entretanto, sem ter disponível um profissional que julgasse estar à sua altura, ele acabou recontratando o iluminador no dia do festival para que sua apresentação fosse realizada.

A transmissão do show no canal Multishow e no Globoplay, cancelada momentos antes do artista subir ao palco, não foi o único fator de tensão para a organização do Rock in Rio em relação a Drake. Durante todo o momento em que esteve no Brasil, havia o risco de a apresentação ser cancelada. A todo o momento, o rapper fazia críticas ao festival, ameaçando não fazer o show. Uma das principais reclamações dele foi em relação ao tamanho do palco, pequeno demais para a grandiosidade do astro. Além disso, o uso da tirolesa foi vetado durante a apresentação, assim como foi proibido fotos feitas por profissionais.

A situação foi tão estressante que a equipe do Rock in Rio acreditou ser um deboche a declaração de Drake de que aquele era um dos melhores shows da vida dele durante a apresentação.

Nas redes sociais, o rapper seguiu o tom amistoso com os fãs, pedindo desculpas por não ter liberado a transmissão da apresentação. "Desculpe a todos pela transmissão ao vivo do Rock in Rio. O tempo estava imprevisível, estava caindo o mundo quando eu subi no palco e não sabíamos o resultado do show. Minhas desculpas em nome da mãe natureza", escreveu Drake. Ele também disse que fazia tempo que não se divertia em um show como o feito no festival e garantiu que volta ao país para novas apresentações. "Essa foi a maior diversão que eu tive em muito tempo. Obrigado, Brasil. Foi minha primeira vez, mas não será a última. Então nos vemos numa próxima", publicou em seu perfil no Instagram. De fato, Drake retorna ano que vem para um show em São Paulo, promovido pela Live Nation.

Antes de embarcar para o Canadá, onde tinha compromissos, Drake participou de um after, uma festinha pós show, organizado por duas amigas da cantora Anitta, que não pode estar presente, já que na noite desta sexta (27), se apresentou na cidade de Caruaru, em Pernambuco. O rapper, inclusive, passou a seguir a artista e as amigas no Instagram.

* Com colaboração de Geizon Paulo e Lucas Pasin

Theo Skudra/Reprodução Instagram @champagnepapi
Imagem: Theo Skudra/Reprodução Instagram @champagnepapi

Leo Dias