PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Leo Dias


Famosos 'despejam' amigos no 'vipinho' e seguem para curtir RiR no 'vipão'

Boninho, Angélica e Luciano Huck no "vipão" - Marcelo Sá Barretto/Brazil News
Boninho, Angélica e Luciano Huck no 'vipão' Imagem: Marcelo Sá Barretto/Brazil News
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

28/09/2019 14h00

Com as listas vips cada vez mais cobiçadas pelos famosos, criou-se, desde a última edição do Rock in Rio, uma divisão entre 'vipinhos' - lounges de marcas com espaços pequenos para assistir os shows - e 'vipão' - o camarote oficial do festival, este sim com muitas regalias. E, já no primeiro dia do RiR em 2019, é possível perceber bem como as celebridades se utilizam de cada espaço e reforçam os apelidos ganhados pelas áreas.

Enquanto no camarote oficial tínhamos nomes como Angélica, Luciano Huck e Boninho, o 'vipinho' teve uma fraca presença de famosos no primeiro dia. Não se viu babados, confusão ou gritaria. Estes espaços viraram um 'depósito' dos amigos dos artistas e influenciadores que vão ao Rock in Rio. Ou seja, o famoso passa pelo lounge da marca, faz sua publicidade, despeja meia dúzia de amigos, e segue para o camarote oficial do festival para aí sim se juntar às outras personalidades que estão por lá.

Nos pequenos lounges, apenas influenciadores realmente assistem aos shows de lá. É como se estivesse uma separação clara entre as grandes estrelas e os que estão ainda se fortalecendo na carreira.

Num Rock in Rio dominado por influenciadores, falta um crachá para nos contar quem é quem.

*Com colaboração de Lucas Pasin

Leo Dias