PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Leo Dias


Conheça Thiaguinho MT, cantor de 'Tudo OK', o hit do momento

Thiaguinho MT - Divulgação/Felipe Max
Thiaguinho MT Imagem: Divulgação/Felipe Max
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

14/01/2020 21h31

O que Bruna Marquenize, Anitta, Selena Gomez e até Fátima Bernardes têm em comum? Todas viraram memes nos últimos dias por causa de montagens mostrando como essas celebridades estão ótimas após o fim da relação com os ex-companheiros em vídeos embalados pelo brega funk 'Tudo OK', uma das apostas a ser a música do próximo Carnaval. Mas quem está por trás do hit do momento? O funkeiro Thiaguinho MT.

Com 28 anos, Thiago da Silva Lacerda é o responsável, junto com JS Mão de Ouro e Mila, pela música-chiclete, que está viralizando nas redes sociais com os versos "Cabelo? Ok. Marquinha? Ok. Sobrancelha? Ok. A unha tá ok. Brota no bailão pro desespero do seu ex'. Natural de Araruama, cidade da Região dos Lagos do Rio de Janeiro, Thiaguinho já tem quase sete anos de carreira e, assim como Anitta, uma das 'memerizadas' com 'Tudo OK', é cria da Furacão 2000, equipe de som e produtora pioneira do movimento funk carioca. "Comecei a cantar na Furacão, em 2013, mas eu seguia a linha do 'proibidão'", diz o funkeiro, que tem várias músicas com nomes e letras impublicáveis.

Thiaguinho diz que o brega funk é "algo mais atual" em sua carreira e conta que está muito feliz a repercussão da mudança de estilo na carreira. "Eu tô adorando! [risos] A cada dia, chega um vídeo melhor que o outro pra mim, nas minhas redes sociais.", diz ele, que tem visto 'Tudo Ok', que tem uma versão também com a cantora Márcia Felipe, alcançar números impressionantes - mais de 26 milhões de visualizações no YouTube e quase 5 milhões de plays no Spotify - e entrar no repertório de shows de ídolos como Wesley Safadão e Solange Almeida. "Acho que a palavra certa é gratidão! Fico sem palavras ao ver esses ícones da música, que eu admiro tanto cantando a minha música.", diz ele.

Divulgação/Felipe Max
Imagem: Divulgação/Felipe Max

Mas e o MT de Thiaguinho, significa o que? A resposta tem ligação com o local onde o funkeiro nasceu e cresceu. "É uma referência aos bairros onde cresci, [Parque] Mataruna e Mutirão, em Araruama", conta o funkeiro, que se prepara para fazer uma turnê na Europa ainda este mês. "Os países exatamente ainda não podemos divulgar, mas serão 10 shows incríveis! Prometo dar o melhor de mim em todos eles e fazer todo mundo se animar bastante e curtir um bom funk brasileiro", finaliza.

* Com colaboração de Geizon Paulo

Leo Dias