PUBLICIDADE
Topo

Globo Goiânia vive o caos com onda de casos suspeitos de coronavírus

Logo Globo - Divulgação
Logo Globo Imagem: Divulgação
Blog do Leo Dias

Notícias exclusivas sobre o mundo das celebridades e os bastidores do show business no Brasil.

Colunista do UOL

23/03/2020 10h40

O que está acontecendo na redação da Globo Goiânia em relação ao coronavírus parece um grande pesadelo. Até ontem eram três apresentadores e um repórter afastados e a redação trabalhando pela metade. A partir desta segunda-feira (23), quando serão divulgados os resultados dos testes, já há um planejamento para caso algum dos funcionários esteja, de fato, doente.

O principal apresentador da emissora, Matheus Ribeiro, se afastou de sua função após sentir febre e tosse, sintomas da doença. O departamento médico da Globo liberou ele de voltar às suas funções já nesta segunda.

Seguem afastados Karla Izumi, do Globo Esporte, e "Seu" Waldemar, que faz um tradicional programa da emissora aos sábados.

Já a partir de hoje haverá um rodízio na redação: metade trabalha uma semana, e a outra metade dá expediente na seguinte.

Quem estiver com qualquer sintoma, automaticamente fica de 7 a 14 dias fora da redação. E se algum caso der positivo, provavelmente todo mundo entra em quarentena e a emissora sairá do ar e passará a retransmitir Tocantins.

Como se vê, se até existe a hipótese de tirar a TV do ar, é que a coisa está feia na Globo Goiânia.