PUBLICIDADE
Topo

Com situação em suspenso na CNN, Gabriela Prioli vira alvo da Band

Gabriela Prioli - Reprodução/Instagram
Gabriela Prioli Imagem: Reprodução/Instagram
Blog do Leo Dias

Notícias exclusivas sobre o mundo das celebridades e os bastidores do show business no Brasil.

Colunista do UOL

30/03/2020 19h19

A situação de Gabriela Prioli na CNN ainda está em "suspenso". Não há nenhuma reunião entre ela e a direção, mas a questão deve ser resolvida ainda esta semana. O fato de Mari Palma estar com suspeita do novo coronavírus tem atrasado a solução para a situação de Prioli na emissora. A Coluna do Leo Dias conversou com pessoas próximas à comentarista, que está tranquila, e disse aos amigos que recebeu a nota pública da CNN como uma "agradável surpresa".

No comunicado, divulgado no último domingo (29), a CNN diz que "Gottino, um profissional com larga história na TV, excedeu a postura de mediador" ao interromper Prioli. A nota publica ainda uma declaração do ex-apresentador do "Balanço Geral":

"Me excedi ao interromper. O meu papel ali é conduzir o debate para que os dois lados tenham espaço para expor suas ideias. Minha postura excedeu a de mediador. Peço desculpas a Gabriela por isso. Esse pedido de desculpas, enviado a ela no início da manhã de domingo, se estende também à emissora e ao público", diz Gottino. Imediatamente após o episódio, todos os profissionais envolvidos no programa conversaram na redação e o assunto foi considerado superado."

A exposição de Prioli nos últimos dias fez com que ela estivesse por diversas vezes entre os assuntos mais comentados das redes sociais e, obviamente, a possível saída dela do canal já despertou o interesse de emissoras de canal aberta, como por exemplo, a Band. Os amigos de Prioli dizem que o telefone da advogada não para de receber mensagens, e ela já perdeu o controle sobre elas.