PUBLICIDADE
Topo

Marcas ameaçam cancelar contrato com SBT após polêmica com Marcão do Povo

Marcão do Povo, apresentador do SBT  - Reprodução
Marcão do Povo, apresentador do SBT Imagem: Reprodução
Blog do Leo Dias

Notícias exclusivas sobre o mundo das celebridades e os bastidores do show business no Brasil.

Colunista do UOL

09/04/2020 13h27

O comentário de Marcão do Povo sobre a criação de "campos de concentração" para pacientes diagnosticados com o novo coronavírus caiu como uma bomba no departamento comercial do SBT. Diversas marcas procuraram a emissora e avisaram não ter interesse em continuar tendo seus produtos vinculados ao apresentador do "Primeiro impacto".

A Coluna do Leo Dias apurou que quatro empresas, de diferentes campos de atuação, ameaçaram rescindir seus contratos firmados para ações de merchandising no telejornal matinal. Marcão era uma espécie de "merchandete" do noticiário, e aparecia em anúncios mesmo nos horários da ancoragem de Dudu Camargo e Márcia Dantas.

Na manhã desta quinta-feira (9), o "Primeiro impacto" não teve nenhum merchan em suas mais de seis horas no ar. No dia anterior, o telejornal teve cinco ações, feitas por três empresas diferentes. O apresentador suspenso era o rosto de todas elas.

Para evitar uma debandada de anunciantes em um momento delicado para o setor de mídias, o SBT pediu para que as empresas dessem mais uma chance ao "Primeiro impacto" e ofereceu um substancial desconto para que elas aceitassem regravar suas ações com Márcia Dantas, que assumiu o programa entre 7h15 e 10h30 da manhã.

A Coluna do Leo Dias também apurou que boa parte das marcas deram a nova chance ao SBT, já que Márcia tem um perfil mais polido e um histórico profissional, pelo menos até agora, ilibado. Ela irá gravar cinco merchandisings na noite de hoje, de três diferentes empresas. Todos os anúncios foram "herdados" de Marcão do Povo.

Dentro da emissora, não se sabe qual será o futuro profissional de Marcão. Ele segue suspenso por tempo indeterminado de suas funções, e só será reconduzido a elas com a anuência prévia de Silvio Santos. Em seu perfil no Instagram, o apresentador afastado agradeceu "quem está do lado da verdade" e disse que "tem que pagar um preço altíssimo para chegar onde Deus quer".

O SBT, consultado, reafirmou o que foi dito no comunicado enviado para imprensa e funcionários na quarta-feira (08). A emissora diz lamentar que Marcão tenha "usado nossa plataforma de forma que contraria tão profundamente os nossos princípios" e pediu "as mais sinceras desculpas a quem possa ter se ofendido, ou até mesmo se indignado, com as opiniões pessoais do apresentador".

Maisa Alves, diretora de Comunicação do SBT, procurou a reportagem na noite desta quinta. Ela diz que não houve ameaça e que os anunciantes, por livre e espontânea vontade, optaram por transferir seus anúncios testemunhais para Márcia Dantas. A Coluna do Leo Dias mantém as informações publicadas anteriormente.

*Com colaboração de Gabriel de Oliveira.