PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Leo Dias


Leo Dias

Pesquisa mostra que 62% dos brasileiros não pagariam para ver uma live

Matheus, dupla com Kauan, está formatando uma plataforma para shows on-line - Divulgação
Matheus, dupla com Kauan, está formatando uma plataforma para shows on-line Imagem: Divulgação
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

23/05/2020 19h00

Uma pesquisa publicada ontem pela empresa Ticket360 dá um bom panorama sobre o comportamento dos brasileiros em relação às lives musicais e sobre como ficará o público quando os espetáculos retornarem. A pesquisa mediu a questão da cobrança para assistir a um show e diz qual é o prognóstico do público para a volta dos espetáculos no país.

A coluna do Leo Dias teve acesso a esses números e os divide aqui com você os mais relevantes:

  • 74,7% das pessoas preferem a experiência de eventos ao vivo
  • 62,4% das pessoas não pagariam para ver uma live
  • 84,5% das pessoas pagariam até R$ 10 para ter acesso a uma live
  • 58% das pessoas esperam que os eventos voltem à normalidade até outubro de 2020
  • 62,3% das pessoas tomarão a decisão de comprar ou não um ingresso para um show baseada na capacidade e local do evento.

Este último dado é de extrema relevância para os artistas. Agora, será necessário saber exatamente o estado dos locais onde eles irão se apresentar, isso se tornou definitivo na hora da compra do ingresso.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Leo Dias