PUBLICIDADE
Topo

A Fazenda 10

"Caíque foi moleque", diz Fernanda Lacerda sobre expulsão de Nadja

Fernanda Lacerda na sétima roça de "A Fazenda 10" - Reprodução/RecordTV
Fernanda Lacerda na sétima roça de "A Fazenda 10" Imagem: Reprodução/RecordTV

Jonathan Pereira

Colaboração para o UOL

21/11/2018 07h04

Fernanda Lacerda comentou sua eliminação de "A Fazenda 10" e a expulsão de Nadja Pessoa após agredir Caíque Aguiar, com quem a intérprete da Mendigata do "Pânico" teve um romance no confinamento. No "Programa do Porchat" de terça-feira (20), ela disse como enxerga tudo o que aconteceu.

"A Nadja era uma das pessoas que eu mais tinha carinho, mais gostava, ficava mais junta. De tanto ela falar 'estou sozinha, não tenho amigos' e numa discussão, quando a gente foi conversar, ela já levantou gritando, isso que me deixou com raiva, Tudo o que fiz por ela não reconheceu, jogou no lixo", desabafa.

"Caíque foi moleque nessa situação, tem que amadurecer muito. Mas ela também ficou provocando. Se ela ficasse no quarto, não me xingasse, ficasse de boa, mas ela ficou me atacando. Saiu do quarto xingando, gritando, ninguém tem sangue de barata. Todo mundo errou. Eu me arrependo de muitas coisas", admite.

Fernanda falou o que sentiu quando viu sua rejeição. "Eu fiquei chocada, triste com a situação. Como as pessoas definem quem você é por um momento, um ato? Uma atitude que errei não vai definir quem eu sou. Nunca tinha passado por isso, foi bem difícil".

A atriz quer se redimir pelo rumo que as coisas tomaram. "Não guardo nada de ruim. No dia que eu tiver oportunidade, encontrar a Nadja, claro que vou pedir desculpa. Essas coisas não tem que ser por telefone, mas olho no olho".

E o romance com Caíque, tem futuro aqui fora? "Tenho muito carinho por ele. No começo nem eu nem ele queríamos, mas aconteceu. Falei com a irmã dele bastante quando saí. A amizade sempre vai ter", desconversa.

A Fazenda 10