Topo

Televisão


Acabou! "Vídeo Show" lembra apresentadores e ignora Maíra Charken

Reprodução/Instagram
Maíra Charken apresentou o "Vídeo Show em 2016" Imagem: Reprodução/Instagram

Gisele Alquas

Do UOL, em São Paulo

11/01/2019 12h51

O "Vídeo Show", que deixa a programação nesta sexta-feira (11), fez uma retrospectiva dos apresentadores que passaram pela bancada da atração e ignorou Maíra Charken, que substituiu Monica Iozzi em 2016 e ficou até meados de 2017. Apesar do pouco tempo, a atriz fez parte da história do programa em um momento de importante transição.

E seu site oficial, o "Vídeo Show" lembrou dos primeiros integrantes como Tássia Camargo, Marcelo Tas, Miguel Falabella, Renata Ceribelli, Cissa Guimarães e Virgínia Novick e também citou os mais "novos", como André Marques, Angélica, Ana Furtado, Zeca Camargo, Otaviano Costa, Monica Iozzi, Joaquim Lopes e Sophia Abrahão, além do trio de ex-BBBs Fernanda Keulla, Vivian Amorim e Ana Clara.

Repórteres que marcaram a história do programa, como Giovanna Tominaga, Luigi Baricelli , Giovanna Ewbank, Felipe Titto, entre outros, também foram citados, além dos mais novos, como Matheus Mazzafera, Márcio Lúcio, o Carioca e Maurício Meirelles.

Maíra Charken nunca escondeu a mágoa de não ter sido lembrada em momentos festivos da história do programa.

Nesta semana, ela lamentou nas redes sociais o fim do programa após 35 anos e agradeceu a atração pela oportunidade. Mas em outros desabafos, a atriz lamentou ser ignorada: "Eu estou apagada da história do 'Vídeo Show'. Não sei [a razão]. A despedida do Otaviano foi a mesma coisa". 

Reprodução/Instagram
Ana Furtado e outros apresentadores de várias épocas do "Vídeo Show" foram lembrados Imagem: Reprodução/Instagram