PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Yanna vai processar perfis que envolveram seu nome na separação de Loreto

Yanna Lavigne - Leo Franco/AgNews
Yanna Lavigne Imagem: Leo Franco/AgNews

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

28/02/2019 12h07

Yanna Lavigne vai processar perfis fakes do Instagram, que envolveram seu nome na separação de José Loreto e Débora Nascimento. A atriz e o marido, Bruno Gissoni, não gostaram da exposição e procuraram o advogado Ricardo Brajterman para tomar providências.

"Ela se sentiu injustiçada sendo colocada de forma agressiva dentro de uma fofoca que não pertence a ela. Alguns perfis com nomes parecidos chamados Loreto Safadão ficam fazendo joguetes com o nome dela pra ganhar seguidores, ganhar likes. Eles focam na questão de audiência ficam difamando nomes de pessoas de boa índole", explicou o advogado ao UOL.

Brajterman diz que já identificaram que as dezenas de perfis criados para propagar os boatos pertencem a mesma empresa.

"Foi descoberto, nessas dezenas de perfis Loreto Safadão, que quem está por trás disso é uma empresa contratada por alguém, que tem interesse em dissumilar a verdade dos fatos e fomentar as mentiras. Vão ser chamados pra responder o porque da criação desse perfil e porque a publicação de difamação".

Todos os identificados serão chamados e intimados, de acordo com o advogado. Ele afirma também que processará o comentarista Felipeh Campos, do programa "A Tarde É Sua", apresentado por Sonia Abrão na RedeTV!, por ter citado Yanna na polêmica separação de Loreto e Débora.

"Estão associando o nome dela de forma indevida. O motivo pelo qual se criou esse perfil é pra tirar um foco de uma pessoa e envolver os outros nomes. O que posso dizer é que tem gente com rosto de catedral e espírito de bordel nessa história", disse Brajterman.

Bruno Gissoni publicou um textão no Instagram e saiu em defesa da mulher.

"A nossa família é muito feliz, só tenho a agradecer e zelar por ela. Peço, encarecidamente, que vivam a vida de vocês da mesma maneira: o amor e a felicidade são infinitos, não há necessidade de roubar isso de alguém. Respeitem o próximo, estamos lidando com vidas, histórias lindas de superação, amizade e amor, que estão sendo devoradas pelo homem de forma primitiva", escreveu o ator.

"A mim, marido e pai, só me cabe defender e amar a minha família. Por isso, parem com essa covardia! E, aos 'profissionais' que estão fazendo da vida alheia um circo de horrores, peço respeito não só à minha família, mas a todos os envolvidos. A vocês, que disseminam o ódio, saibam que a vida é um espelho", completou.

Yanna não foi a única a ter seu nome envolvido na separação. Marina Ruy Barbosa se manifestou em suas redes para negar que tenha tido qualquer envolvimento, assim como Carolina Dieckmann também.

Alexandre Negrão, marido de Marina, se declarou para a mulher no Instagram demonstrando apoio à mulher.

Os boatos ganharam mais proporções quando Bruna Marquezine, Giovanna Ewbank e mais algumas famosas deixaram de seguir a ruiva na rede social. Muitos internautas reclamaram da falta de empatia das atriz e deixaram de segui-las na rede social.

Débora e José Loreto confirmaram a separação no dia 16 de fevereiro. O ator se manifestou alguns dias depois no Instagram admitindo que errou e pedindo perdão para a mulher.

Famosos