Topo

Novelas


Com Maria da Paz, Globo tem três novelas com heroínas que vencem na cozinha

Missade (Ana Cecília Costa), Maria da Paz (Juliana Paes) e Janaína (Dira Paes): elas encontram a superação pela culinária - Reprodução/Globo
Missade (Ana Cecília Costa), Maria da Paz (Juliana Paes) e Janaína (Dira Paes): elas encontram a superação pela culinária Imagem: Reprodução/Globo

Guilherme Machado

Do UOL, em São Paulo

30/05/2019 04h00

No capítulo desta segunda, a vida de Maria da Paz (Juliana Paes) teve uma mudança radical em "A Dona do Pedaço". A mocinha da novela das 21h conseguiu conquistar seu espaço com seus bolos e virou uma rica empresária do ramo, construindo uma fábrica. E ela não está sozinha, pois sua história é compartilhada por personagens das outras duas principais tramas da Globo.

Em "Órfãos da Terra", Missade (Ana Cecília Costa) era dona de um restaurante na Síria, mas perdeu tudo por conta da guerra que assola o país e fugiu para o Brasil com a família. Aqui, ela tentou trazer seu amor pela culinária da terra natal para o novo lar. Mas a primeira experiência em uma casa de chá não deu certo.

Determinada, ela viu a oportunidade de fazer uma barraca de comidas árabes. Com seus quitutes e especiarias árabes, a cozinheira fará sucesso, mas não durará muito. Por conta de uma armação de Dalila (Alice Wegmann), Missade e Laila (Júlia Dalavia) sofrerão com a xenofobia de outros comerciantes, incomodados com o sucesso da síria, que mandarão as duas voltarem para sua terra.

Como nem toda semelhança com a realidade é mera coincidência, a história lembra em muito a do refugiado sírio Mohammed Ali, vítima de xenofobia no Rio, em 2017, que recebeu apoio de centenas de brasileiros num "esfihaço" convocado online.

Já na novela das 19h, o cenário é um pouquinho mais animador. Janaína (Dira Paes) também sofre do mesmo drama de Maria da Paz em casa, o clássico caso de família "meu filho da novela tem vergonha de mim".

Depois de sofrer um golpe do filho, que roubou os dólares da dona da pousada onde ela morava, Janaína ficou sem rumo, mas, com muita garra --e umas inspirações em Raquel (Regina Duarte) de "Vale Tudo" (1988) --decidiu vender quentinhas pelo Rio de Janeiro.

Não demorou até o sucesso sorrir para a cozinheira, que abriu um buffet e foi o responsável pelas comidas da festa da importante estrela internacional La Donna (Danni Carlos), o que catapultou sua carreira. Janaína não é a "rainha dos bolos", mas virou a "rainha do doce de leite" ao descobrir um ingrediente especial que deixa as pessoas, digamos, alegrinhas.

Entre um tempero aqui, um docinho ali, as novelas atuais vão criando uma mistura de sucesso para os espectadores loucos por um bom melodrama. Mas vendo tantas histórias parecidas, fica uma pergunta: será que não faltou colocar um pouco de criatividade na massa?