Topo

Novela

Malhação - Toda Forma de Amar


Bissexual, ator diz que papel em Malhação ajuda gays com pais homofóbicos

Lukas Alencar/Divulgação
O ator Pedro Alves, que vive Guga em Malhação: Toda Forma de Amar Imagem: Lukas Alencar/Divulgação

Guilherme Machado

Do UOL, em São Paulo

2019-06-27T04:00:00

27/06/2019 04h00

Pedro Alves foi abordado por jornalistas na coletiva de Malhação: Toda Forma de Amar, que queriam saber como era interpretar um jovem homossexual, o Guga. O ator respondeu que, para ele, que já tinha namorado meninos e meninas, era bom e necessário viver esse papel. A declaração teve uma repercussão imediata, mas ele conta que a bissexualidade nunca foi uma polêmica em sua vida.

"Eu falei isso de uma forma muito natural. Acho que a gente necessita um pouco dessa representatividade. Ao mesmo tempo que para mim é natural, é importante. Acho que isso me aproxima do Guga, consigo ter um ponto em comum com ele para tentar mais ou menos sentir o que ele sente, apesar de o Guga ser completamente diferente de mim, em muitos aspectos", conta ele ao UOL.

Assim como na entrevista de divulgação da novela, para o ator, assumir sua sexualidade em casa também não foi um drama. "Não foi nada difícil. Pros meus pais nunca foi uma questão, eu nunca tive aquele momento de chegar e falar, simplesmente aconteceu de uma forma muito natural, quando acontecia [de namorar um menino], a reação deles foi a melhor possível e nunca tiveram nenhum problema".

A situação de Pedro contrasta com a de seu personagem, o primeiro protagonista gay da novela teen da Globo. Na trama, Guga namora Serginho (João Pedro Oliveira), um rapaz de origem mais humilde. A trama já deu diversas evidências sobre o relacionamento dos dois, mas ainda não se referiu a eles como um casal, construindo o namoro dos dois de forma gradativa e delicada.

Em torno da história, são discutidas questões de classe, tendo em vista que dois são de realidades sociais opostas, e de preconceito, representado pelas figuras conservadoras do pai de Guga, Max (Roberto Bomtempo), e do irmão de Serginho, Camelo (Ronald Sotto).

Para despistar, Guga engatou um falso namoro com uma de suas melhores amigas, Rita (Alanis Guillen), o que gerou uma série de outras complicações. O intérprete conta que, desde que iniciou a novela, recebeu dezenas de relatos e comentários de jovens que passam por situações similares.

Reprodução/Globo
Guga e Serginho são um casal em Malhação: Toda Forma de Amar Imagem: Reprodução/Globo
"Ele vive uma questão que é realidade de muitos brasileiros. Diariamente eu recebo mensagens de jovens que são gays e que não têm coragem de botar isso para fora, pedem até anonimato, como seu eu divulgar essa conversa em algum lugar", conta.

"Recebo também de muitos que já sabem que são gays, que falaram, mas que os pais não aceitam. Lidar com essa resposta do público e sentir que ele confia em mim para vir falar da sua vida pessoal é sinal que meu trabalho, do autor, do diretor, da Globo está acontecendo", ressalta.

Pedro afirma que tem se esforçado para ajudar as pessoas que o procuram por meio das redes.

"Toda vez que eu recebo essas respostas eu prefiro criar uma forma de reconciliação do jovem com a família. Acho isso importante. Não adianta eu falar para o menino que vem falar comigo: 'Você tem que falar pro seu pai que ele tem que te aceitar'. Aconselho sempre a pessoa a escrever uma cartinha, com bastante amor para atingir o coração da pessoa".

O próprio ator lembra que já sofreu com o preconceito por conta de sua sexualidade: "Nunca sofri agressão física, nunca sofri agressão verbal. Mas olhares diferentes, certos comentários, obviamente.".

Da Bélgica para as telas brasileiras

Lukas Alencar/Divulgação
Pedro Alves morou anos na Bélgica e tinha o sonho e fazer uma novela Imagem: Lukas Alencar/Divulgação
Pedro diz que, em breve, Guga terá uma virada muito positiva em Malhação e conseguirá se soltar mais. Enquanto isso, a vida do ator já está tendo uma grande virada. Aos 8 anos, ele se mudou para a Bélgica, onde viveu em diversas cidades por 11 anos antes de voltar ao Brasil aos 19 anos para estudar teatro.

Depois de trabalhar na série Santos Dumont: Mais Leve Que o Ar, da HBO, ele está realizando um desejo antigo de atuar em novela.

"É um processo bem demorado esse de Malhação. A gente começou em setembro e terminou só em janeiro. Durante esses testes são dias e dias na Globo junto com a preparadora de elenco e eles vão afunilando, vão vendo qual personagem se encaixa mais em qual ator. Sempre tive desejo de fazer novela", comemora.

Estar na TV aberta logo ampliou o número de seguidores do ator nas redes, antes restritos apenas a pessoas conhecidas. Ele diz que ainda está lidando com o fato de ter se tornado uma pessoa conhecida.

"Ainda não consegui assimilar que sou uma pessoa pública, continuo agindo da forma que eu agia antes. Eu tento sempre responder às perguntas, aos comentários. Acho que a pessoa precisa sentir que tem uma troca comigo", explica ele, que diz ter sido bem recebido por quem o reconhece na rua.

"Até agora não tive nenhuma resposta negativa. As pessoas vêm com alegria me cumprimentar, tirar foto. Acho essa troca bastante legal, me sinto lisonjeado".