Topo

Novela

Órfãos da Terra


Filho de Herson Capri dispensa rótulo de galã: "Prefiro fama pelo trabalho"

Lucas Capri, filho de Herson Capri, faz sua estreia em Órfãos da Terra - Reprodução / Instagram
Lucas Capri, filho de Herson Capri, faz sua estreia em Órfãos da Terra Imagem: Reprodução / Instagram

Guilherme Machado

Do UOL, em São Paulo

19/07/2019 04h00

Mal entrou em Órfãos da Terra e Lucas Capri chamou a atenção do público. Filho de Herson Capri, que interpretou o cruel sheik Aziz na primeira fase da trama, ele chamou a atenção não apenas pelo sobrenome famoso, mas pela pinta de galã. Mas o ator novato, que faz sua estreia na TV, diz que isso é secundário para ele.

"Na real, queria ser reconhecido mais pelo trabalho, não pelo fato de ser 'o filho bonitão de sei lá quem'. Se as pessoas me acham bonito, fico feliz, obviamente. Sou um cara inseguro, sempre fui, não me acho bonito. Claro que não tem como ser reconhecido pelo meu trabalho, nem estreei ainda, mas seria gratificante ser reconhecido por ele. A beleza eu deixo de lado", diz ele, modesto, ao UOL.

Jovem de 21 anos fez sua estreia como ator no filme Minha Vida em Marte - Reprodução/Instagram
Jovem de 21 anos fez sua estreia como ator no filme Minha Vida em Marte
Imagem: Reprodução/Instagram
A aparência do rapaz já provoca ciúmes em uma personagem da novela: Zuleika (Emmanuelle Araújo). Na trama, ela flagrou o personagem de Lucas, Péricles, com o delegado Almeidinha (Danton Mello), marido dela, em um restaurante. Depois, encontrou uma foto do jovem na certeira do policial, fazendo com que ela concluísse que o marido é gay.

Lucas não confirma a história e faz mistério, mesmo já sabendo qual é o grande segredo que envolve seu personagem, que promete causar neste núcleo da novela de Thelma Guedes e Duca Rachid. "Não posso falar muita coisa, tem que esperar ir ao ar e ver. Posso dizer que é um personagem simpático, do bem".

O que ele não esconde, no entanto, é sua animação e nervosismo em atuar pela primeira vez em uma novela - anteriormente, esteve no elenco do filme Minha Vida em Marte, com Mônica Martelli e Paulo Gustavo.

"Rola um friozinho na barriga. Estou pegando uma novela que já começou, que tem o elenco todo azeitado. Dá um nervosismo a mais, mas o pessoal está sendo super acolhedor, tem harmonia no set. Me abraçaram muito, é muito bom", conta.

A oportunidade de sua estreia ser uma novela na qual o pai teve uma passagem tão marcante, deixa o jovem ator ainda mais feliz.

"Entro muito animado com isso, e vou tentar, não fazer o sucesso que ele fez, porque acho que é impossível, mas corresponder um pouco. Os diretores têm um super carinho por ele, e esse carinho também vem pra mim".

Lucas confessa que se cobra um pouco por ser filho de um ator com uma longa trajetória na TV como Herson Capri.

"Eu levo uma pressão interna, porque meu pai é um ator super respeitado. Mas é ótimo porque é uma base pra mim, um cara que me ajuda. Quando tenho uma dificuldade, ter as opiniões dele é importante. Mas dá uma pequena insegurança: 'Caramba, é meu pai!' Tenho que ser pelo menos um pouco do que ele foi".

Péricles (Lucas Capri) e Almeidinha (Danton Mello) já provocaram ciúmes em Zuleika (Emmanuelle Araújo) - Reprodução/Globo
Péricles (Lucas Capri) e Almeidinha (Danton Mello) já provocaram ciúmes em Zuleika (Emmanuelle Araújo)
Imagem: Reprodução/Globo
Dos números aos palcos

De uma família de artistas, Lucas sempre esteve próximo das artes. A mãe, Susana Garcia, é irmã de Mônica Martelli e o dirigiu no filme com a tia. Mesmo assim, ele afirma que nunca se sentiu muito confortável para se expressar, e inicialmente tentou seguir um caminho bastante diferente.

"Sempre fui um cara de exatas, de matemática. Tive a arte presente em mim, porque minha família trabalha com isso, mas sempre fui tímido, então meio que negava. Nunca imaginei que conseguiria estar me expondo dessa forma", admite.

"Quando fiquei mais velho, pensei: 'Gosto disso, preciso tentar'. Com o apoio da minha família, fiz o curso, larguei a faculdade de economia, e me apaixonei. Foi uma mudança super radical, mas foi ótimo. Minha família me ajudou muito nesta transição".

Com o ritmo de gravações da novela aumentando, Lucas diz que o nervosismo está diminuindo, e o carinho que com que foi recebido na estreia só o anima.

"Nunca fui muito fã de novela, mas sempre acompanhei, até pra ver o trabalho do meu pai. Desde pequeno pensava: 'Imagina estar lá, todo mundo te vendo!'. Agora está acontecendo, é um sonho realizado", comemora.

??

A post shared by Lucas Capri (@lucascapri) on