Topo

Televisão


Jacquin fala da relação com outros jurados e lembra briga com chef do SBT

O chef Erick Jacquin - Leonardo Benassatto/Futura Press/Estadão Conteúdo
O chef Erick Jacquin Imagem: Leonardo Benassatto/Futura Press/Estadão Conteúdo

Thais Sant'Anna

Colaboração para o UOL

08/08/2019 16h22

Erick Jacquin, um dos jurados do "MasterChef Brasil", falou como é sua relação com os outros integrantes do programa em entrevista no YouTube para o jornalista Marcelo Bonfá. Ele garantiu que se dá muito bem com Paola Carosella, Henrique Fogaça e Ana Paula Padrão.

"Nunca briguei com Ana Paula padrão, sempre falo que sou apaixonado por ela, é divertida e muito profissional. É difícil impossível brigar com fogaça. Uma vez ele brigou comigo. A pessoa que mais discuti. Porque a Paola as vezes a gente não concorda", disse ele.

Jacquin, então, recordou que na primeira temporada do reality show, em 2014, Fogaça chegou a brigar com ele, mas fora das gravações, por causa de uma pegadinha que o colega fez e ele não gostou.

"Convidou a gente pra ir no restaurante dele, assistir ao programa e eu cheguei atrasado. Passei no McDonald's, gastei uma fortuna, uns 500 'paus'' Passei no restaurante dele e distribui hambúrguer do Mc pra todo mundo. Ele pegava a sacola e falava 'Jacquin, você é louco'. Ele não entendeu a brincadeira. Ele não me conhecia", lembrou.

Sobre a polêmica que Fogaça causou ao tirar uma foto com duas freiras no Vaticano, na Itália, vestindo uma camiseta com duas mulheres se beijando, Jacquin acredita que não foi por mal.

"Ele foi com a camiseta errada, no lugar errado. É o jeito dele. Sou católico apostólico romano, a gente perdoa isso. Ele não fez mal. O Fogaça faz tanta coisa boa. Muita gente critica e não faz metade do que ele faz de [trabalho] social]", defendeu.

Briga com chef do SBT

Jacquin lembrou também quando a Danielle Dahoui, apresentadora do "Hell's Kitchen", do SBT, -- que chegou ao fim em 2015, após quatro temporadas --, o criticou em entrevista para o UOL.

"Falou muito mal de mim. Não vou falar o nome. Falou que sou nojento, que não respeito ninguém. Que eu trato mal os funcionários, que ninguém gosta de mim, que sou grosso. Essa pessoa se acha uma chef de cozinha, mas não é. Tanta gente se acha um chefe de cozinha", esbravejou ele.

Os dois acabaram se encontrando um tempo depois e Danielle chegou a pedir desculpas para Jacquin, mas em vão. "Falei 'não me toque, não conversa comigo, não me cumprimenta'".

Televisão