Topo

Famosos


Tânia Mara revela antiga paixão platônica por Portiolli: "Galã do SBT"

Tânia Mara com a apresentadora Daniela Albuquerque durante participação no Sensacional, da RedeTV - Divulgação/RedeTV
Tânia Mara com a apresentadora Daniela Albuquerque durante participação no Sensacional, da RedeTV Imagem: Divulgação/RedeTV

Do UOL

12/09/2019 14h03

Resumo da notícia

  • Em participação no Sensacional, da RedeTV, Tânia Mara disse que Celso Portiolli era "paixãozinha platônica" e que a ajudou a empurrar carro no SBT
  • Ela lembra também o início humilde na emissora: "Era a única apresentadora que não tinha carro. Tinha vaga no estacionamento, mas ficava sempre vazia"
  • Casada com Jayme Monjardim, Tânia contou que foi a semelhança entre ela e a cantora Maysa, mãe dele, que os aproximou

A cantora Tânia Mara é a convidada do programa Sensacional de hoje e vai lembrar uma antiga paixão platônica: Celso Portiolli.

Ela conta que quando começou a trabalhar no SBT, à frente do programa Fantasia, na década de 90, comprou um carro usado para fazer o trajeto até a emissora, até que um dia teve que empurrar o veículo numa subida do estacionamento — mas foi salva pelo apresentador.

"Eu tinha uma paixãozinha platônica pelo Celso Portiolli, ele era o galã do SBT. Passou uma Mercedes do lado e era ele oferecendo ajuda", afirma, em conversa com Daniela Albuquerque.

SBT e Jayme Monjardim

A cantora lembra ainda sua contratação na emissora de Silvio Santos.

Tânia fez o teste depois que sua mãe ouviu, por acaso, o anúncio da seletiva de cantoras para um programa do SBT. Sem dinheiro para voltar para casa depois da prova, elas decidiram esperar o resultado na sede da TV.

"Abre uma porta e o diretor Paulo Santoro disse: 'Você não é a menina que é cantora? Estava procurando sua ficha, mas não achei. Você tinha que estar aqui. Você foi selecionada'", lembra. "Alguém tinha rasgado minha ficha, que depois foi encontrada no lixo".

Durante os primeiros meses, ela foi a única apresentadora que não tinha um carro e ia trabalhar de transporte público. "Tinha meu nome no estacionamento, mas a vaga ficava sempre vazia".

Foi neste período que ela conheceu o marido, o diretor Jayme Monjardim, com quem está há 12 anos.

Tânia contou a Daniela Albuquerque que foi a semelhança dela com a cantora Maysa, mãe de Jayme, que os aproximou. "Ele disse que eu era parecida com a mãe dele. Achei que era uma cantada barata", lembra.

Questionada sobre dar o cargo de diretor de seus videoclipes para o marido, a loira brincou: "Vou gastar com diretor, se tenho de graça em casa? Gasto com outras coisas".

O programa vai ao ar hoje, às às 22h45, na RedeTV.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Famosos