PUBLICIDADE
Topo

Especial BBB20

Hadson admite "erro" no BBB 20, mas nega machismo: "Nunca, jamais"

Hadson participa do Mais Você - Reprodução/Globoplay
Hadson participa do Mais Você Imagem: Reprodução/Globoplay

Do UOL, em São Paulo

12/02/2020 10h24

Resumo da notícia

  • Hadson compareceu ao Mais Você após a eliminação do BBB 20
  • Participante admitiu "falha" no jogo, se referindo a plano para fazer sisters comprometidas traírem
  • "Assumo que errei, o que dá o direito às mulheres de acharem que eu sou [machista]", refletiu

Hadson, o terceiro eliminado do Big Brother Brasil 20, compareceu ao Mais Você de hoje para falar sobre sua passagem pelo reality show. Logo de cara, a apresentadora Patrícia Poeta quis saber se ele já "fazia ideia do motivo de sua eliminação com quase 80% dos votos".

"Eu ainda não consegui absorver todas as informações", se esquivou o ex-jogador de futebol, citando "obrigações" após sair da casa e o tempo que passou com sua mãe. "Mas logicamente eu sei o motivo que eu acho que foi crucial para a minha saída".

"Eu errei, tive uma falha. Foi uma falha que eu reconheço que não deveria ter feito", disse também. O participante se referia a um plano dos homens da casa, que repercutiu de maneira negativa entre os espectadores, para fazer com que algumas das mulheres traíssem seus namorados durante o jogo.

"O que não houve foi uma manipulação, um planejamento, como eu fui acusado", avaliou ainda. "Foi a ideia de um que coincidiu com a minha, e a do outro também. Assim foi se formando só uma. A gente analisava muito o jogo, mas o pessoal parece que não quer jogar".

"Mas eu participei. Eu errei na hora errada. Eu assumo meu erro, não era para ter falado aquilo", completou. Poeta colocou Hadson contra a parede, no entanto: "Você falou que foi lá para jogar, mas jogo tem limite. Estamos falando de mulheres comprometidas, que tem parceiros aqui fora".

"Sim, errei na forma de falar, de pegar uma estratégia que não era minha", respondeu Hadson. "Você se arrepende, então?", perguntou a apresentadora. "Muito", disse o ex-BBB.

"Muitas mulheres aqui fora falaram que você era machista. Você se considera machista?", questionou ainda Poeta. "Nunca, jamais. Com 38 anos de idade, é a primeira vez que passo por uma coisa dessas. Mas assumo que errei, o que dá o direito às mulheres de acharem que eu sou [machista]", refletiu Hadson.

"Eu vou aprender com o meu erro, vou crescer com isso. Isso não quer dizer que eu sou contra a bandeira do feminismo, pelo contrário", garantiu ainda.

O programa matinal também recapitulou os eventos recentes do programa, da eliminação de Petrix na semana passada à chegada de Daniel e Ivy, confinados da Casa de Vidro, que trouxeram informações de fora para o BBB 20.

Hadson ainda concordou que o jogo mudou após a entrada de Daniel e Ivy. "O Daniel já entrou com a informação direta para a Marcela, dizendo que ela estava certa. Ele não olhou em nenhum momento nos meus olhos, nos olhos do Lucas, nos olhos do Prior. Alguma coisa a gente percebeu na hora", contou.

"Eu era muito ligado no jogo, muito vivo, prestava atenção em tudo. Eu entrei no Big Brother muito a fim de jogo", disse ainda. Hadson ainda repetiu uma justificativa que deu a Tiago Leifert após sua eliminação, dizendo que, se tivesse sido mais "verdadeiro" ao invés de "competidor", teria ficado mais tempo no reality.

O participante ainda abordou o seu percebido "excesso de autoconfiança e autoestima", nas palavras de Patrícia Poeta. "É uma questão de interpretação. Eu não disse que podia ir para dez paredões que não sairia. A minha intenção não era essa. Eu só quis dizer que, se eu tivesse que ir para dez paredões, eu iria", justificou.

"Estava todo mundo contra mim, eu era o primeiro alvo", definiu ainda."Na minha opinião, eu fui julgado em cima do que eu falei, não o que foi falado entre os outros. Comigo sempre foi mais [repercussão]".

Especial BBB20