PUBLICIDADE
Topo

Reality shows

'Soltos em Floripa': Amazon tira episódios do ar para editar cenas de sexo

Cartaz de "Soltos em Floripa", reality show brasileiro do Amazon Prime Video - Divulgação
Cartaz de 'Soltos em Floripa', reality show brasileiro do Amazon Prime Video Imagem: Divulgação

Débora Miranda

Do UOL, em São Paulo

17/04/2020 11h52

Resumo da notícia

  • Justiça deu liminar pedindo retirada dos capítulos; multa diária era de R$ 500
  • Empresa recorreu, mas decidiu reeditar material, que será recolocado no ar em breve
  • Figurantes que apareceram em cenas de sexo explícito entraram na Justiça

A Amazon Prime retirou do ar, na madrugada de hoje, quatro episódios da série "Soltos em Floripa" que continham cenas de sexo envolvendo figurantes. A decisão da plataforma foi tomada depois que a Justiça de Santa Catarina concedeu uma liminar vetando a continuidade da exibição de alguns dos episódios. Segundo parecer da juíza Ana Luisa Schimdt Ramos, o reality viola o direito à intimidade dos participantes. A multa estabelecida foi de R$ 500 por dia.

Segundo nota oficial da Amazon, "'Soltos em Floripa' foi criado para ser uma experiência divertida e agradável para todos os envolvidos. Devido a algumas preocupações, os episódios 4 e 5 e suas respectivas resenhas [programas em que convidados repercutem o que aconteceu nos episódios] estão sendo reeditados e serão publicados novamente no serviço em breve".

"Soltos em Floripa" é um reality que acompanha um grupo de gente jovem e bonita convivendo em uma mansão, nos cenários paradisíacos de Florianópolis, com direito a muita treta e pegação. Os participantes, no entanto, não ficam confinados. Eles interagem e se relacionam com pessoas de fora da atração. E foi aí que se instaurou o problema.

Quando a primeira figurante foi exibida em uma cena de sexo explícito, em episódio liberado no início do mês, surgiram denúncias —e ações na Justiça que resultaram nessa liminar em vigor. "A gente assinou contrato podre de bêbadas, eu tinha consciência zero do que estava fazendo", revelou a influenciadora Ana Paula, uma das figurantes, em sua página no Twitter.

A Amazon entrou com recurso contra a liminar, mas, ainda assim, decidiu retirar os capítulos do ar e reeditá-los. A empresa não comenta o processo, que está em andamento. As cenas de sexo mantidas no programa são entre os participantes fixos.

Reality shows