PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Príncipe Harry admite que 'não tinha ideia' do racismo inconsciente

Príncipe Harry durante discurso - Chris Jackson / Getty Images para Sentebale
Príncipe Harry durante discurso Imagem: Chris Jackson / Getty Images para Sentebale

Do UOL, em São Paulo

26/10/2020 09h50

O príncipe Harry falou sobre como sua convivência com sua mulher, Meghan Markle, mudou sua visão sobre o racismo. O duque de Sussex comentou o assunto em conversa com Patrick Hutchinson, ativista do movimento "Black Lives Matter", em vídeo para a GQ.

"Você realmente não pode apontar o dedo, especialmente quando se trata de preconceito inconsciente. Mas, uma vez que você perceba ou se sinta um pouco desconfortável, então é sua responsabilidade sair e se educar, porque a ignorância não é mais uma desculpa", disse.

Ele ainda admitiu que sua educação privilegiada como membro da família real britânica significava que ele "não tinha ideia" da existência do racismo inconsciente.

"Racismo inconsciente, pelo meu entendimento, tendo a educação que tive, eu não tinha ideia do que era. Não tinha ideia que existia", completou.

Harry também contou que levou muitos anos para reconhecer a existência do problema.

"Por mais triste que seja, demorei muitos, muitos anos para perceber isso, especialmente depois de viver um dia ou uma semana no lugar de minha esposa", considerou.

O príncipe Harry e Meghan Markle têm falado muito sobre racismo nos últimos meses. Em outra entrevista recente, os dois pediram o fim do "racismo estrutural."

Confira o vídeo completo, em inglês:

Famosos