PUBLICIDADE
Topo

Pétala Barreiros recebe intimação para não falar de Marcos Araújo

Pétala Barreiro, em vídeos postados nas redes, diz que foi proibida de falar sobre o ex, Marcos Araújo - Reprodução/Instagram
Pétala Barreiro, em vídeos postados nas redes, diz que foi proibida de falar sobre o ex, Marcos Araújo Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em Santos

04/01/2021 07h12

Pétala Barreiros, ex-mulher de Marcos Araújo, atual namorado de Lívia Andrade, diz que foi proibida pela Justiça de falar sobre o empresário. Ela o acusa de abuso e traição.

Em vídeos publicados, Pétala diz que foi intimada por um oficial de Justiça e que, caso descumpra a ordem, terá de pagar uma multa de R$ 5 mil.

"Acabei de acordar com o oficial de Justiça aqui em casa, acabei de receber uma intimação, em que eu não posso falar mais nada aqui na internet. Se falar, vou ter de pagar uma multa de R$ 5 mil. Como não tenho dinheiro, não vou mais falar", disse, em vídeos publicados no Instagram.

"Peço desculpas a vocês e a todas as mulheres que se sentiram representadas por mim. Me desculpem, eu não posso mais falar", acrescentou.

No fim da última semana, Pétala conseguiu uma medida protetiva contra o ex-marido. Ela o acusa de abusos, de traição e de ser um pai ausente para os filhos do casal. O processo movido pela influenciadora corre em segredo de Justiça.

No fim do mês passado, Pétala publicou um vídeo acusando Marcos Araújo. "Agora usando a palavra Justiça, que você usou no seu post, eu tenho muita coisa para falar sobre isso. Você quer começar com o processo de estupro de quando eu tinha 14 anos ou com a Lei Maria da Penha [que tenho contra você]?", questionou.

O empresário, por sua vez, negou as acusações e disse por meio de seus advogados que tomaria medidas legais contra a ex.

Lívia Andrade também entrou com processo criminal contra Pétala, alegando que seu nome foi citado por ela de forma "totalmente imprópria e indevida".