PUBLICIDADE
Topo

Amber Heard é acusada de não doar valor recebido em ação contra Johnny Depp

22/07/2020 - Amber Heard chega para depor na Suprema Corte, em Londres - NIKLAS HALLE"N/AFP
22/07/2020 - Amber Heard chega para depor na Suprema Corte, em Londres Imagem: NIKLAS HALLE'N/AFP

Colaboração para o UOL, em São Paulo

08/01/2021 09h12

Amber Heard rebateu as acusações dos advogados de Johnny Depp, que afirmam que ela não doou o dinheiro recebido ao se divorciar do ator como prometeu em 2016.

Em um comunicado enviado ao site E! News, os advogados da atriz confirmaram que a doação de 7 milhões de dólares ainda não foi realizada por "motivos financeiros".

Eles alegaram que ela já doou a causas de caridade, mas o motivo do atraso do valor total seria o próprio Depp, que tem movido ações judiciais contra a atriz por difamação, o que a obrigou a gastar com advogados para se defender.

Johnny Depp foi afastado de diversos projetos, entre eles um novo filme da sequência "Piratas do Caribe" e o próximo da série "Animais Fantásticos". Os advogados do ator estão processando Amber por difamação e exigindo o valor de 50 milhões de dólares por conta dos dos danos causados a carreira dele.

Nesta semana, Depp teve mais uma perda judicial, pois entrou na justiça para alegar que as acusações de violência doméstica contra Amber Heard, sua ex-mulher, são falsas.

No entanto, em veredito decidido esta semana, na Virginia, a denúncia foi rejeitada e o protagonista de "Piratas do Caribe" pode ser punido com uma quantia de $100 milhões de dólares.