PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Whindersson sobre redação do Enem: 'Se tema fosse oxigênio, ia achar lindo'

Whindersson falou sobre o tema da redação do ENEM e lembrou da falta de oxigênio em Manaus - Reprodução
Whindersson falou sobre o tema da redação do ENEM e lembrou da falta de oxigênio em Manaus Imagem: Reprodução

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/01/2021 07h59

Na manhã de ontem, Whindersson Nunes comentou sobre o tema da redação do Enem e fez referência à falta de oxigênio em Manaus. O humorista liderou uma corrente de doações para ajudar a fornecer equipamentos para a capital do Amazonas, que vive grave crise sanitária.

Respondendo a perguntas dos seguidores em seu Instagram, Whindersson falou sobre o Enem: "Vai ter? Porque não era nem para ter. Agora, se tivesse, e o tema [da redação] fosse oxigênio, eu ia achar lindo para o Brasil".

Ele ainda respondeu sobre se sentir "realizado" com as ações em Manaus: "Tô bem feliz, mas eu ia ficar mais se tivesse mais agilidade para conseguir as coisas, porque até pra ajudar..." — Ele faz uma pausa e explica: "Minha mãe pede para eu não falar dessas coisas. 'Meu 'fi', não fale de governo não'", brincou.

"É você juntando as coisas para ajudar e aí sobe o preço do negócio, precisa pegar uma autorização dali (...) É a maior dificuldade do mundo", explicou.

Whindersson enviou 60 respiradores pulmonares para a capital do Amazonas. Segundo ele, o DJ Alok e a dupla Jorge e Mateus ajudaram no processo.

O youtuber Felipe Neto, com apoio de famosos como Bruno Gagliasso, Maria Gadú e Otaviano Costa, também conseguiram enviar insumos para Manaus, viabilizando a compra de 50 cilindros de 50 litros de oxigênio na última sexta-feira.

Outro que ajudou Manaus enviando doações foi o sertanejo Gusttavo Lima, que mostrou no sábado um Boeing sendo carregado com 150 cilindros de oxigênio.

Famosos