PUBLICIDADE
Topo

Televisão

Ingrid Guimarães relembra frustração em programa de Didi: 'Fui rebelde'

Ingrid Guimarães - Reprodução/Instagram
Ingrid Guimarães Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

05/03/2021 23h45

Ingrid Guimarães disse ter se frustrado com o espaço dado na televisão para o seu trabalho anos atrás ao participar de um programa do Renato Aragão. Entrevistada na estreia do programa de Dani Calabresa, o "Dani-se", na GNT, a humorista disse diz que foi "rebelde" após o episódio.

"O texto era em um momento que o Didi Mocó sonhava. Ele estava dormindo e tinha aquele balãozinho do pensamento. No texto, não estava escrito o papel de cada personagem, só aparecia mulher um e mulher dois", relembrou durante a conversa, que trabalhava a temática de "padrão estético".

De acordo com a humorista, o personagem de Aragão sonhava com uma "mulher bonitona", interpretada por Danielle Winits. Ela, por outro lado, teria que representar uma "mulher feia" que aparecia para contrapor a ilusão do personagem principal.

"Ele sonhava com Danielle Winits na praia e então aparecia eu e o Didi vinha me 'amarretava'."

"Eu parei e falei: 'não. Eu não faço mais'. Saí e fui fazer teatro. Botei na minha cabeça que eu não era atriz de televisão. Naquela época, eu não tinha dinheiro para falar não, mas falei."

Ao lado de Lúcio Mauro Filho e Pedroca Monteiro, Ingrid Guimarães e Dani Calabresa também falaram sobre recusar prender o cabelo em campanhas publicitárias. "Tantos anos usando peruca que agora quero mostrar a baby liss", brincou a humorista.

O programa marca a estreia de Dani Calabresa na GNT após as denúncias de assédio contra o humorista Marcius Melhem. Calabresa sofreu assédio pelas mãos do diretor em 2017, durante as gravações de um esquete do "Zorra Total". O diretor foi afastado da Rede Globo no começo de 2020 e, em agosto do mesmo ano, deixou a emissora após 17 anos.

Televisão