PUBLICIDADE
Topo

Príncipe Harry e Meghan Markle anunciam o nascimento de Lilibet Diana

Siga o UOL no

Do UOL, em São Paulo

06/06/2021 13h11Atualizada em 06/06/2021 14h57

O príncipe Harry e sua esposa Meghan Markle anunciaram hoje o nascimento de Lilibet Diana, a segunda filha do casal. O nascimento foi na sexta-feira, mas o anúncio foi feito hoje por meio de comunicado.

"É com grande alegria que o Príncipe Harry e Meghan, o Duque e a Duquesa de Sussex, dão as boas-vindas a sua filha, Lilibet "Lili" Diana Mountbatten-Windsor, ao mundo", diz o comunicado. "Lili nasceu na sexta-feira, 4 de junho às 11h40, sob os cuidados de confiança dos médicos e da equipe do Santa Barbara Cottage Hospital em Santa Barbara, Califórnia".

"Lili recebeu o nome de sua bisavó, Sua Majestade, a Rainha, cujo apelido da família é Lilibet. Seu nome do meio, Diana, foi escolhido em homenagem a sua querida avó, a princesa de Gales."

Harry e Meghan já são pais de Archie, de dois anos. O anúncio da gravidez veio em fevereiro, em uma data simbólica, pois foi a mesma em que, em 1984, a Princesa Diana revelou estar grávida do seu segundo filho com o Príncipe Charles. Harry nasceu em setembro.

O príncipe Harry e Meghan com seu filho Archie que nasceu em 2019 - . - .
O príncipe Harry e Meghan com seu filho Archie que nasceu em 2019
Imagem: .

A gravidez da duquesa de Sussex ocorreu meses depois de ela revelar ter sofrido um aborto espontâneo em um texto publicano no jornal americano "The New York Times".

"Em 04 de junho, fomos abençoados com a chegada de nossa filha, Lili. Ela é mais do que jamais poderíamos ter imaginado, e continuamos gratos pelo amor e pelas orações que sentimos em todo o mundo. Obrigado por sua contínua gentileza e apoio durante este momento muito especial para nossa família", agradeceu o casal.

Abalo na família real

Harry e Meghan contaram que teriam uma menina durante a polêmica entrevista com a apresentadora Oprah Winfrey, na CBS News. A entrevista abalou a família real britânica por revelações de racismo e temores, por parte do príncipe, de que Meghan sofresse o mesmo que sua mãe.

Em janeiro do ano passado, Harry e Meghan anunciaram a saída da realeza britânica. Os dois abriram mãos dos títulos reais e patronatos, se mudaram para os EUA e não precisam mais assumir compromissos da realeza e nem mesmo contar com o dinheiro público da monarquia.

Em entrevista ao "Late Late Show" com James Corden, Harry revelou ter tomado a atitude de abdicar da realeza após o tratamento cruel conferido pela imprensa à sua família.

"Todos nós sabemos como a imprensa britânica pode ser, e ela estava destruindo minha saúde mental, eu pensava 'isso é tóxico'. Então fiz o que qualquer marido e qualquer um faria, pensei 'preciso tirar minha família daqui'".

A entrevista estremeceu as relações entre o casal e os membros da família real, em especial com William e Charles, irmão e pai de Harry respectivamente. Os três se reencontraram em 17 de abril, durante o funeral do Príncipe Philip, onde eles se reuniram para conversar sobre a entrevista, segundo jornais britânicos.