PUBLICIDADE
Topo

Íris acusa Angélica de se aproveitar de briga com Ariadna em 'No Limite'

No Limite: Íris critica Angélica por comentar briga com Ariadna - Instagram/@irisstefanelli
No Limite: Íris critica Angélica por comentar briga com Ariadna Imagem: Instagram/@irisstefanelli

Colaboração para o UOL, em São Paulo

08/06/2021 07h30

Íris Stefanelli, que participou desta edição do "No Limite", usou suas redes para expor seu lado sobre a briga que teve com Ariadna, na qual disse para a colega, que é transexual, que ela tinha outras opções além de ter sido garota de programa. Íris foi criticada e chamada de privilegiada por não entender as vulnerabilidades enfrentadas pelas pessoas trans.

Depois disso, a loira acusou Angélica de ter se aproveitado da polêmica por ter comentado a intriga durante uma entrevista no programa "Encontro com Fátima Bernardes". Angélica alegou que as mulheres trans são desprivilegiadas, que não podem ser julgadas e devem ser respeitadas.

"A Angélica simplesmente pegou o gancho da Ari e falou: 'vou crescer em cima dessa loira'", indignou-se Íris no Instagram. "Eu e ela já estávamos uma não suportando a outra no programa. E eu quando estou estressada com uma pessoa, não adianta, não consigo passar sabão".

"Admiro que ela deixou a família e o filho dela para enfrentar um programa que foi difícil para todos. Mas toda prova ela provocava. Esse é o jogo dela. Era bem difícil. A gente não dormia, não comia direito. Você já está num certo nível... E toda prova ela provocava. E eu retrucava. Mas foi parte do jogo, não foi nada pesado", continuou, lembrando do programa.

"Mas na hora que ela pegou o gancho da Ariadna pra crescer, que covardia. Eu fiquei tão mal, eu chorava de desespero. A Angélica nas provas conseguia me tirar do sério. Achei uma sacanagem ela ter pegado o gancho da Ariadna e dar uma 'cacetada' pra eu tomar mais 'cacetada' dos outros, achei uma covardia. Covardia! Como eu disse: loira, pobre, não vem que não tem privilégio coisa nenhuma. Não tive privilégio nenhum diferente de vocês! Trabalho pros outros desde os meus 12 anos de idade", finalizou.

No Twitter, Angélica respondeu as acusações de Íris, dizendo que não precisa crescer usando a imagem de alguém. E pediu: "Aprenda respeitar a história de vida de cada um".