PUBLICIDADE
Topo

Vitão desabafa sobre ataques: 'Sempre vi 'devolve a mulher do Whindersson''

Vitão fala como lida com ataques na internet - Divulgação/Rede Globo
Vitão fala como lida com ataques na internet Imagem: Divulgação/Rede Globo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/06/2021 14h50

Vitão foi o convidado do "Conversa com Bial" de ontem e falou sobre a carreira musical e como lida com a internet. Ele aproveitou a atração da Rede Globo para expor ser alvo constante de ataques de haters desde o início do namoro com a cantora Luísa Sonza.

O artista de 21 anos lamentou o Brasil ser um país machista no trato com as atitudes das mulheres e confessou ter deixado de curtir as redes sociais em razão das acusações de ter 'roubado a mulher do humorista Whindersson Nunes'.

"O Brasil tem muito essa cultura de machismo enraizado, que não permite a uma mulher terminar um relacionamento shippado e, simplesmente, continuar a vida dela", disse.

Eu parei de usar a internet, na verdade, porque eu não aguentava mais entrar em nenhuma rede social. Mas toda vez que eu entrava sempre via um comentário: 'Devolve a mulher do Whindersson'.

Ainda na conversa, que também contou com a participação da cantora Giulia Be, Vitão fez duras críticas a cultura da objetificação da mulher.

"Acho que no fim realmente o que mais me doeu foi ver o que foi feito com a Luísa", declara o cantor - falando sobre o caso de Sonza ter sido acusada por internautas de comemorar a morte do filho do ex-marido Whindersson Nunes.

O "Conversa com Bial" vai ao ar de segunda a sexta-feira, após o "Jornal da Globo".