PUBLICIDADE
Topo

Repórter recebe mensagens de apoio após ataque de Bolsonaro: 'Foi gigante'

Laurene Santos, repórte da TV Vanguarda - Reprodução/Instagram @laurenesantos
Laurene Santos, repórte da TV Vanguarda Imagem: Reprodução/Instagram @laurenesantos

Colaboração para o UOL, em São Paulo

21/06/2021 17h34

Laurene Santos, repórter da TV Vanguarda, afiliada da TV Globo no Vale do Paraíba (SP), recebeu apoio de jornalistas e seguidores após o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) mandá-la calar a boca por questioná-lo por não usar máscara em Guaratinguetá, São Paulo.

Ela recebeu mensagens em uma publicação feita durante a última sexta-feira (18) no Instagram. "Meus parabéns pelo seu profissionalismo hoje. Sua altivez, sua coragem e sua calma fazem a diferença e ajudam a iluminar o momento histórico grave que vivemos", disse a jornalista Vera Magalhães.

"Inadmissível um homem que ocupa a presidência da República tratar uma repórter dessa forma. Estamos com você. Força", opinou uma das seguidoras. "Parabéns pela coragem, Laurene! Você foi gigante", reforçou outro.

A jornalista Andreia Sadi e Luciano Huck também usaram as redes sociais para apoiar Laurene após a entrevista de Bolsonaro. "Covardia total", destacou o apresentador.

Além de rebater a jornalista, Jair Bolsonaro também fez críticas à TV Globo e à CNN Brasil por supostamente "elogiar" as manifestações contra o governo ocorridas no último fim de semana.

A Rede Vanguarda compartilhou uma nota nas redes sociais se solidarizando com a repórter Laurene Santos e repudiou a postura do presidente durante a entrevista.