PUBLICIDADE
Topo

'Gordo não beija nem transa, sobretudo preto gordo', desabafa Paulo Vieira

Paulo Vieira desabafou no programa "Provocações" - Reprodução/Instagram @paulovieira.oficial
Paulo Vieira desabafou no programa "Provocações" Imagem: Reprodução/Instagram @paulovieira.oficial

Do UOL, em São Paulo

13/07/2021 19h55

O ator e humorista Paulo Vieira destacou os preconceitos observados durante a carreira. Em entrevista para o apresentador Marcelo Tas no programa "Provocações", ele analisa como isso interfere na visão das pessoas em relação aos artistas.

Eu estou na Globo, mas, por exemplo, não estou fazendo a novela das 9h. Estou em num lugar que eu posso estar, né. Quando a pessoa escreve assim: Claudio entra e beija a sua esposa. Automaticamente o Claudio não é gordo porque ele tem uma esposa. Passamos por um processo em que o gordo é assexualizado imediatamente. O gordo não beija, não trepa, não transa, sobretudo o preto gordo.
Paulo Vieira

Paulo também relembrou as dificuldades enfrentadas desde a época em que escolheu ser artista mesmo fazendo parte de uma família humilde.

"Escolher é um privilégio. Principalmente quando você vem de uma realidade onde precisa sobreviver, garantir a sua e dos seus, resolver ser artista é uma decisão quase egoísta", contou sobre a decisão.

"Imagina que meu pai estava contando comigo para o futuro da família. Como eu falo para ele que eu vou ser artista? É como jogar todas as fichas dele no lixo", concluiu.

A entrevista completa de Paulo Vieira vai ao ar no "Provocação" hoje, às 22h00, na TV Cultura.