PUBLICIDADE
Topo

Polícia planeja concluir inquérito contra DJ Ivis antes do prazo

DJ Ivis foi filmado agredindo a mulher Pamella - Divulgação
DJ Ivis foi filmado agredindo a mulher Pamella Imagem: Divulgação

Guilherme Lúcio da Rocha

Do UOL, em São Paulo

13/07/2021 13h02

A Polícia Civil do Ceará ouvirá novas testemunhas do caso de agressões de DJ Ivis contra a mulher Pamella de Holanda hoje (13). Segundo apurou o UOL, a ideia das autoridades é concluir o inquérito antes do prazo previsto inicialmente, de 30 dias.

As investigações correm sob os cuidados da Delegacia de Eusébio, cidade em que aconteceu o caso, com o apoio do Departamento de Proteção aos Grupos Vulneráveis. Além dos novos depoimentos, a polícia fará perícia nos vídeos disponibilizadas por Pamella. A previsão é que o inquérito policial seja encaminhado ao Ministério Público entre o final desta semana e o início da próxima.

DJ Ivis é investigado por lesão corporal. O boletim de ocorrência foi registrado por Pamella no dia 3 de julho, dois dias após as agressões. Por esse motivo o artista não foi preso em flagrante.

O UOL tentou contato com a Polícia Civil para mais detalhes sobre o caso, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria.

Em contato com a reportagem, a defesa de Pamella disse que ela prestou depoimento ontem (12) e está colaborando com as autoridades. Já os advogados de DJ Ivis afirmaram que o caso corre em segredo de Justiça e, por isso, não iria se manifestar.

"DJ Ivis irá prestar os esclarecimentos devidos nos autos do processo", disse a defesa.