PUBLICIDADE
Topo

Diplo tem show cancelado após acusação de agressão sexual

Diplo teve show cancelado após ser acusado de obrigar mulher a fazer oral nele - Getty Images
Diplo teve show cancelado após ser acusado de obrigar mulher a fazer oral nele Imagem: Getty Images

Colaboração para o UOL

14/07/2021 18h43

O DJ e produtor musical norte-americano Diplo, de 42 anos, teve uma apresentação prevista para acontecer no próximo dia 24, em Baltimore, nos Estados Unidos, cancelada. O motivo deve-se às acusações feitas contra o artista de agressão sexual.

Diplo iria fazer um show após a realização de uma partida de beisebol do Baltimore Orioles. No entanto, em comunicado divulgado para a imprensa, o clube informou que a performance foi desmarcada.

"Os Orioles não realizarão a próxima apresentação pós-jogo em 24 de julho no Oriole Park, em Camden Yards, em Baltimore. Os fãs que compraram ingressos para o show do Diplo serão reembolsados", informou o time.

Cantor teria forçado mulher a fazer sexo oral

Na semana passada, veio à tona a acusação feita por uma mulher que alega ter sido obrigada a fazer sexo oral em Diplo. Segundo a vítima, ela teria sido convidada para uma festa do DJ, após um de seus shows em Las Vegas, em 2019. No local, o artista teria oferecido drogas e álcool para ela e outros convidados. As informações são do site TMZ.

A suposta vítima disse que o DJ a convidou para ir ao seu quarto, no mesmo momento em que os seguranças começaram a retirar os outros convidados da festa, inclusive um de seus amigos, que teria entrado em uma briga ao se recusar a sair sem ela.

O advogado de Diplo, Brian Freedman, afirma que a queixa é "completamente falsa". "Esta queixa é completamente ultrajante, totalmente falsa e ainda assim totalmente previsível", disse ele, segundo o TMZ.

"Temos provas irrefutáveis de que esta é uma reivindicação completamente sem mérito e iremos apresentá-la a um tribunal o mais rápido possível", acrescentou o advogado, que quer "pôr fim a essa extorsão".