PUBLICIDADE
Topo

Lívia Andrade se pronuncia após acompanhar namorado em DNA e mostra ataques

Lívia Andrade disse que estava sendo "julgada pelo tribunal da internet" por acompanhar o namorado no exame de DNA do filho - Reprodução/Instagram
Lívia Andrade disse que estava sendo "julgada pelo tribunal da internet" por acompanhar o namorado no exame de DNA do filho Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

21/09/2021 18h34Atualizada em 21/09/2021 19h05

Lívia Andrade se pronunciou após receber ataques por acompanhar o namorado Marcos Araújo no exame de DNA do filho Lucas. O menino, de nove meses, é filho do empresário e presidente da Audiomix com Pétala Barreiros.

Yanka Barreiros, irmã de Pétala, filmou o momento em que elas saíam do local e mostrou Lívia esperando Marcos.

Em seus Stories do Instagram, a atriz disse que vive uma situação muito difícil já há um ano, sendo "atacada, julgada e condenada pelo tribunal da internet".

"Nesse ambiente em que fui exposta, em que crianças foram expostas, famílias foram expostas, funcionários foram expostos, é um ambiente geralmente que as pessoas vão fazer perícia", disse Lívia sobre o local do exame.

Ela afirmou que os acompanhantes geralmente aguardam a pessoa que fará o exame do lado de fora.

"É um ambiente tenso, não é legal, não é gostoso estar ali [...] É muito difícil. Eu nunca imaginei que alguém fizesse um vídeo desse momento, até porque tem tanta gente ali, tantas famílias, ninguém está a fim de se expor nesse momento, não é uma festa, um passeio no parque", continuou.

A atriz disse ainda que nunca pensou que teria que dar satisfações da sua vida pessoal em suas rede social.

Porém, estou sendo perseguida e me sinto quase que na obrigação de vir aqui me explicar e falar sobre uma coisa que é a coisa mais normal do mundo, acompanhar uma pessoa que você está em momentos felizes e em momentos tristes. É isso que a gente espera de um relacionamento normal e saudável. disse Lívia

Ela também afirmou que não comentaria o que não a diz respeito, mas que estava se pronunciando após ter sido citada.

"Vamos esperar porque na justiça não é só a gente falar, contar nossa história, nosso lado da verdade. Você tem que provar, tem que ter material, provas, documentos, testemunhas, e assim é. Órgãos competentes vão analisar tudo aquilo e ver quem tem a razão, não cabe a mim nem a você", concluiu a artista, que em seguida mostrou prints dos ataques recebidos.

Nas mensagens, pessoas a chamavam de palhaça, monstro, nojenta, entre outras ofensas.

Entenda

No começo deste ano, Pétala Barreiros acusou Marcos Araújo de agressão e traição. Na época, em uma série de vídeos publicados, a influenciadora afirmou que só falou sobre o assunto por questionamentos dos seguidores e revelou ainda estar recebendo ameaças por ter se pronunciado sobre o caso.

Pétala e Marcos, que são pais de Lucas e Lorenzo, vêm travando uma disputa judicial depois que ela falou abertamente sobre a relação. Marcos conseguiu uma decisão judicial favorável, que impede que Pétala toque em seu nome em qualquer mídia. Já a influenciadora conseguiu uma medida protetiva contra o ex.