PUBLICIDADE
Topo

Randolfe ironiza e pede Mia Khalifa na CPI após bolsonarista citar pesquisa

Senador Luis Carlos Heinze (PP-RS) voltou a citar pesquisa conduzida por uma atriz pornô e irritou o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) - Reprodução
Senador Luis Carlos Heinze (PP-RS) voltou a citar pesquisa conduzida por uma atriz pornô e irritou o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) Imagem: Reprodução

Colaboração para o UOL, em São Paulo

22/09/2021 17h48Atualizada em 22/09/2021 18h19

A ex-atriz pornô Mia Khalifa voltou a ser assunto entre os senadores na tarde de hoje. Luis Carlos Heinze (PP-RS) voltou a citar uma pesquisa sobre uso da cloroquina que havia sido conduzida por uma atriz pornô.

Antes de o político terminar a frase, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), demonstrou sua irritação. "Mia Khalifa de novo? Vou ter que chamar a Mia Khalifa para confrontar o senhor", ironizou.

"Dá licença. Deixa eu falar", rebateu Heinze. "Não, o senhor está insistindo em convocar a Mia Khalifa pra CPI", disse Randolfe, antes de os senadores iniciarem um bate-boca.

Em maio, Mia Khalifa foi relacionada a uma declaração do senador Heinze, durante a CPI da Covid, por conta de um meme antigo — embora o parlamentar não se referisse ao meme e nem à atriz. A situação voltou a se repetir no mês seguinte.

Ela chegou a esclarecer que não era médica e também entrou na brincadeira, postando uma montagem na CPI.

Entenda a pesquisa a que Heinze se refere

Durante a CPI da Covid, Heinze relembrou uma história revelada em junho de 2020 pelo jornal inglês The Guardian, quando a empresa Surgisphere — que conduziu um teste publicado na revista científica "The Lancet", condenando o uso da cloroquina contra a covid-19 — descobriu depois que entre os funcionários constavam uma atriz pornô e uma escritor de ficção científica.

"Pesquisadores começaram a investigar e descobriram que a gerente de vendas da Surgisphere era, pasmem, Sras. Deputadas que estão aqui, Srs. Senadores, a gerente de vendas da Surgisphere era uma atriz pornô. Uma atriz pornô. Nada contra ela", disse o senador na CPI.

Fake news com Mia Khalifa como suposta médica - Reprodução - Reprodução
A fake news que usava uma foto de Mia Khalifa como uma suposta médica
Imagem: Reprodução

Nas redes sociais, muita gente confundiu a história relatada pelo senador governista com o meme de Mia Khalifa, citada como doutora Marcela Pereira, uma suposta infectologista do Instituto Emílio Ribas que estaria conduzindo um estudo sobre o uso da cloroquina no tratamento da covid-19.

O meme que circulou no início da pandemia já foi desmentido por agências de checagem.