PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Leo Dias


Caio Coppolla é rebatido ao vivo pela direção da CNN Brasil

Caio Coppolla é rebatido ao vivo pela direção da CNN Brasil - Reprodução/YouTube CNN Brasil
Caio Coppolla é rebatido ao vivo pela direção da CNN Brasil Imagem: Reprodução/YouTube CNN Brasil
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

07/04/2020 12h41

Afastado por pouco mais de duas semanas de suas funções na CNN Brasil, Caio Coppolla ressurgiu no canal de notícias na noite desta segunda-feira (6). E, logo em sua reestreia, foi repreendido ao vivo pela direção da emissora após defender o fim do isolamento total da população devido ao novo coronavírus.

Durante a edição noturna de "O grande debate", Caio Coppolla partiu em defesa de que o isolamento social seja apenas para grupos de risco, e não para toda a população. "O nosso comentário poderia estar sendo feito de casa, mas por uma questão meramente estética e cosmética, a gente vem ao estúdio e assume o risco de sermos contaminados e estamos aqui trabalhando", afirmou.

"Estamos pesando a relação entre saúde e economia. Por que os trabalhadores em casa não têm o mesmíssimo direito que a gente tem aqui na CNN? Pessoas que estão em grupo de risco estão isoladas. Por que a gente quer impor algo tão diferente? O que que nos torna melhores ou piores que o cidadão que está em casa, impedido de trabalhar?", questionou Coppolla, para a perplexidade de seu adversário no programa, o advogado Augusto de Arruda Botelho.

Cerca de três minutos depois, Caio foi interrompido pela jornalista Monalisa Perrone, mediadora do debate. Ela mencionou que a direção da CNN Brasil estava assistindo ao noticiário e tinha considerações para fazer sobre a frase do debatedor. Veja, no final da reportagem, a partir o minuto 32:02, a intervenção de Monalisa Perrone.

"A CNN Brasil deixa muito claro que segue as regras e, para lembrar a todos, os debatedores, os senhores e as senhoras que nos acompanham, o trabalho da imprensa no mundo inteiro é considerado um trabalho essencial nesse momento de pandemia. Quem diz isso não sou eu, é a Organização Mundial da Saúde", pontuou Monalisa, em nome da emissora.

Antiga adversária de Caio Coppolla em O Grande Debate, quando o quadro era apenas um espaço no matinal Novo Dia, Gabriela Prioli também desembarcará nos próximos dias no horário nobre da CNN Brasil. Conforme antecipou a Coluna do Leo Dias, ela terá um espaço de análise dos fatos do dia entre os principais telejornais do canal.

*Com colaboração de Gabriel de Oliveira

Veja, a partir o minuto 32:02, a intervenção de Monalisa Perrone:

Leo Dias