PUBLICIDADE
Topo

Televisão

Faustão nega aposentadoria: "Tenho filhos pequenos e boletos para pagar"

Fausto Silva - Raquel Cunha/TV Globo
Fausto Silva Imagem: Raquel Cunha/TV Globo

Ana Cora Lima

Do UOL, no Rio

10/12/2018 07h48

Prestes a completar 30 anos de TV Globo e aos 68 anos de idade, Fausto Silva negou que anda pensando na possibilidade de se aposentar. Pelo contrario, ele quer continuar comandado sua atração semanal e revela quais são os motivos que o mantém firme na ativa.

"Tenho filhos pequenos e uma pilha de carnês para pagar, boletos mensais. Sério! Não penso em me aposentar e isso não passa pela minha cabeça. A minha ideia é que a gente consiga ainda esticar mais dois ou três anos o programa no ar".

O apresentador admite que gostaria de ter um sucessor na família, mas jura que não irá fazer pressão em nenhum dos seus três filhos: Lara, de 19 anos, João Guilherme, 13, e Rodrigo, de 9.

"Eu gostaria de ver um dos meus filhos trabalhando na televisão, mas eles precisam sentir vontade também, gostar e ter juízo. Só porque é filho tem que colocar no seu lugar, eleger como sucessor? Não", explica.

O apresentador também falou sobre o desafio de manter o interesse na atração dominical, uma das mais longevas no ar.

"O meu programa é que nem um supermercado: é para todas as idades, todas as classes e todos os sexos. Temos que pensar em atrações que agradem todos porque ele não é segmentado. Esse é o desafio. A gente procura trazer novidades, buscar renovar. Ainda não temos nada para anunciar, mas a gente quer coisas novas", adiantou nos bastidores do Troféu Melhores do Ano, premiação realizada neste domingo (9), no Rio.

Questionado sobre a longa trajetória como apresentador e o fato de permanecer como um dos lideres da audiência na emissora, Faustão abriu o jogo

"A primeira coisa é ter juízo e coerência, as duas coisas andando juntos, para você ter credibilidade. Além disso, precisa ter um caminho e segui-lo. Quem pensa só na audiência a qualquer custo pode até ter muito no começo, mas aí vem o efeito doce de leite, que é aquele que você come, come e come, mas depois enjoa. Juízo, coerência, credibilidade e audiência. E, claro, um programa com conteúdo". 

Televisão