PUBLICIDADE
Topo

BBB 20: Guilherme nega abuso contra Gabi e avisa: 'Ela vai me defender'

Guilherme conversa com Gabi na área externa - Reprodução/GlobosatPlay
Guilherme conversa com Gabi na área externa Imagem: Reprodução/GlobosatPlay

Daniel Palomares

do UOL, em São Paulo

19/03/2020 04h00

Fora da casa há duas semanas e ainda tentando se adaptar com a fama repentina, Guilherme Napolitano dividiu opiniões dentro do BBB 20. De um lado, era visto como um cara educado, romântico e leal. Do outro, foi acusado de abuso psicológico contra a namorada Gabi Martins, chamado de "isentão" pelos colegas de confinamento e eliminado no paredão com recorde absoluto de votos de todas as edições do programa. Em papo com o UOL, Guilherme pondera sobre suas atitudes na casa e promete que o namoro com Gabi vai durar aqui fora.

"Não me senti rejeitado. Depois que eu saí da casa, soube que muitas vezes o paredão estava empatado. Isso não foi considerado rejeição. Me impressionou muito o número de votos. A ficha não tinha caído. Fiquei muito feliz com o recorde e o engajamento das pessoas. É um reconhecimento", festeja Guilherme.

Se tivesse que eleger um arrependimento na casa, Guilherme acabaria concordando com os participantes que insistiam que ele era isento demais. "Acabei sendo porque estava muito focado em não brigar. O tempo todo eu queria apartar briga. Eu tentava separar e quando não dava certo, eu saía de perto. As pessoas enxergavam isso de outra forma. Acho que foi uma crítica construtiva. Se eu tivesse continuado lá, poderia ter feito diferente", opina.

Uma possível explicação para a eliminação do modelo pode ter sido sua aproximação com Bianca Andrade, a Boca Rosa. Os dois acabaram ficando mais próximos do que deveriam. "Não falei com a Bianca depois que saí. Não quero ter inimizade com ninguém e ela está incluída nisso", diz Gui. "O público pode ter confundido minha amizade com ela."

Namoro abusivo?

Na semana anterior a sua saída, Guilherme foi alvo de críticas nas redes sociais por seu comportamento com a namorada Gabi. O modelo foi acusado de fazer chantagem emocional contra a cantora e a pressionado a se manter próxima. No Twitter, um grande grupo de espectadores se uniu para votar contra Guilherme, acusando o ex-brother de abuso psicológico contra a amada.

Guilherme se diz chocado com as críticas e acredita que o público exagerou na sua visão. "Foi uma surpresa receber essas críticas. Eu não pressionava a Gabi. Eu nunca pedi para ela votar em ninguém. A gente até combinou de não falar voto um para o outro", explica.

"Quem me pediu em namoro foi ela. Se eu tivesse pressionado, eu teria pedido. Sempre respeitei o tempo dela. Acredito que aqui fora ela vai me defender. Ela sabe que eu respeitei o espaço dela. Eu nunca insistia em estar perto dela. As pessoas interpretaram da forma que elas quiseram", lamenta.

Nas redes sociais, o relacionamento dos dois chegou a ser comparado com o de Marcos e Emilly, do BBB 17, que culminou, inclusive, na expulsão do médico do programa. "Nunca apontei o dedo na cara dela. Essa relação [do público] foi muito exagerada. Nunca gritei com ela, nunca pressionei contra a parede. Sempre respeitamos a opinião dos dois. Nunca foi um namoro abusivo. Eu sou diferente dela. Não só em jogo, mas em conflitos de ideias sobre tudo. Ela sabe disso, mas as pessoas enxergam de outra forma", reclama.

A virada do grupo das meninas da casa contra ele também pode ter pesado em sua eliminação. Pelo menos é o que Gui acredita. "Não quero ver maldade nisso de aproveitarem toda essa situação para me queimar e me eliminar. Mas pode ter prejudicado sim", sugere. "Como a Gabi estava chateada, elas foram ajudar. Mas se fosse um namoro abusivo, ela não viria atrás de mim. Ela não sentiria minha falta. Elas não viam tudo que rolava entre nós. Não julgo, mas elas tiveram ideias diferentes."

Guilherme também não se incomoda em ver Gabi bem mais feliz, sorridente e cantando após sua saída da casa. "Eu não acho que ela ficou feliz com a minha saída. Ela esta tentando ficar bem. Ela sente minha falta, diz que está com saudade. Ela tem que ser forte porque o jogo continua sem mim", conta.

"Estou feliz que ela está se esforçando. Torço muito para ela ficar bem. Não é algo que depende da minha saída, não levei isso em conta em momento algum. Vi pessoas falando que ela foi atriz, mas as pessoas querem ver maldade em tudo", completou.

Teste de fidelidade

Uma das situações que mais gerou revolta fora da casa foi o suposto plano de Petrix, Lucas e Hadson de seduzir as garotas comprometidas da casa para que elas se queimassem com o público e fossem eliminadas. De acordo com entrevista de Lucas Gallina ao UOL, o único que conseguiu colocar isso em prática foi Guilherme, que viu Bianca ser eliminada da casa após se aproximar dele. Nos vídeos do programa, Gui realmente estava junto dos meninos enquanto eles combinavam a tática.

Guilherme, porém, nega que tenha feito parte da combinação. "Quando aquilo foi mostrado, eu não estava armando plano. Estava defendendo o Lucas. A Mari brincou que sabia seduzir os homens e eu disse que para ele tomar cuidado. Foi um julgamento errado meu sobre ela e depois ficamos muito amigos. Não concordo com a declaração dele porque eu estava tentando ajudar. Ele foi incoerente. Se o público tivesse visto dessa forma, eles teriam me incluído nas informações que passaram paro Daniel na Casa de Vidro", sugere.

Quem leva o prêmio?

Fora da casa, Guilherme já teve chance de analisar melhor como o jogo está se desenhando. Mas seu coração fala mais alto na hora da torcida. "Acredito que a Gabi vai ganhar. Não por ser minha torcida. Mas ninguém vai votar nela, ela deve chegar na final sem ir ao paredão. É querida por todos", opina. "Caso ela saia, uma pessoa que está crescendo muito é o Prior. Ele é muito verdadeiro. O fato de estar próximo dos meninos o prejudicou, mas ficou lá atrás. Ele sempre foi autêntico e verdadeiro. Muito coerente", pondera.

Quanto ao seu grande adversário Pyong, Guilherme segue com as mesmas opiniões. "A forma que ele fala é muito soberba. Autoconfiança é legal, mas ele menospreza os outros. Ele não precisa disso. É muito inteligente, mas acaba diminuindo as pessoas. Acha que o prêmio já era dele", dispara.

E será que Gui teria mais sorte em outro reality como A Fazenda ou o Power Couple? "Eu nem consigo pensar em outros realities agora. Estou muito focado na minha familia, em trabalhos como modelo ou talvez ator. Estou com a agenda lotada", comemora. "Meu foco não é outro reality. Sou muito apegado ao BBB, sou muito grato a eles", diz.