PUBLICIDADE
Topo

Príncipe Harry consegue emprego como executivo em startup dos EUA

Príncipe Harry - Chris Jackson / Getty Images para Sentebale
Príncipe Harry Imagem: Chris Jackson / Getty Images para Sentebale

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/03/2021 11h43

O Príncipe Harry deixou a fila dos desempregados: ele conseguiu um emprego como executivo de uma startup do Vale do Silício, nos Estados Unidos. A informação foi confirmada pelo "Wall Street Journal".

A publicação deu conta de que o príncipe conseguiu o cargo de "diretor de impacto" da empresa Better Up Inc, especializada em coaching e saúde mental. "Pretendo ajudar a criar impacto na vida das pessoas", disse Harry ao confirmar a informação para o jornal.

"O coaching proativo oferece possibilidades infinitas para o desenvolvimento pessoal, maior consciência e uma vida melhor em todos os aspectos", relatou ele em seguida.

Harry ainda garantiu ter usado o aplicativo da BetterUp por alguns meses antes de aceitar o trabalho na empresa. "Fui escalado com meu treinador que, francamente, é realmente incrível e sempre me deu bons conselhos e uma nova perspectiva, o que é muito valioso", celebrou.

Ele e sua esposa, Meghan Markle, causaram polêmica na Inglaterra após uma extensa entrevista para Oprah Winfrey, veiculada no começo do mês, onde explicaram seus motivos para abandonar as tarefas da realeza britânica para morar nos Estados Unidos.

Luto pela Princesa Diana

Recentemente, ele também falou sobre a morte de sua mãe, a Princesa Diana, e sua experiência com o luto no prefácio de um livro para crianças em luto, que perderam alguém devido à pandemia de covid-19.

A obra, chamada "Hospital Bythe Hill", foi escrita por Chris Connaughton, e será lançada hoje no Reino Unido. O texto de Harry, divulgado na íntegra pela "Town and Country Magazine", fala sobre a experiência pessoal do príncipe com a morte da mãe, ocorrida quando ele tinha 12 anos.

"Quando eu era um garoto, eu perdi a minha mãe. No momento, eu não quis acreditar ou aceitar aquilo, e a perda deixou um buraco enorme dentro de mim. Eu sei como você se sente, e quero garantir a você que, ao longo do tempo, esse buraco será preenchido com muito amor e apoio", escreveu o irmão do Príncipe William em um trecho do prefácio.

Em outro, ele fez uma reflexão: "Todos nós lidamos com a perda de formas diferentes, mas me disseram que quando um pai ou uma mãe vai para o céu, seu espírito, seu amor e as memórias deles não vão. Eles ficam sempre com você, e você pode ficar com eles para sempre. Acredito que isto é verdade".