PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Prefeito diz que pode haver multas por aglomeração em funeral de Philip

Britânicos deixaram flores no Castelo de Windsor após o anúncio da morte do príncipe Philip - ADRIAN DENNIS / AFP
Britânicos deixaram flores no Castelo de Windsor após o anúncio da morte do príncipe Philip Imagem: ADRIAN DENNIS / AFP

Do UOL, em São Paulo

14/04/2021 12h39Atualizada em 14/04/2021 13h31

Preocupado com aglomerações durante o funeral do príncipe Philip, marcado para acontecer no próximo sábado (17), o prefeito de Windsor, John Story, afirmou ao jornal britânico Metro que pessoas que se reunirem perto do Castelo "podem ser multadas".

O duque de Edimburgo, que morreu na última sexta-feira (9), aos 99 anos, será sepultado na Capela de São Jorge. Por causa das restrições em meio à pandemia do novo coronavírus, apenas 30 convidados estarão presentes na cerimônia.

Story reconheceu que o funeral será "difícil para pessoas que têm sentimentos muito fortes" sobre a morte de Philip, mas pediu a todos que lembrem que as restrições ao coronavírus permanecem em vigor.

"Temos que pedir a todos que coloquem a sua vida e a saúde e segurança de outras pessoas no topo de sua lista de prioridades e não venham a Windsor", disse o prefeito.

O Palácio de Buckingham divulgará todos os detalhes do funeral e da lista de convidados amanhã (15). Já sabe-se, porém, que a rainha Elizabeth 2ª e outros membros da realeza britânica usarão máscaras de proteção contra a covid-19 durante a cerimônia.

Famosos